quinta-feira , 20 fevereiro 2020
Home / Destaque / SENAD DESTRÓI 11 HECTÁREAS DE PLANTÍO DE MACONHA EM COLÔNIA PRÓXIMO A FRONTEIRA COM O MS

SENAD DESTRÓI 11 HECTÁREAS DE PLANTÍO DE MACONHA EM COLÔNIA PRÓXIMO A FRONTEIRA COM O MS

Agentes Especiais da SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai, com apoio da promotora de justiça Reinalda Palácios, após um trabalho de inteligencia desencaderam uma ação contra o narcotráfico na região da colônia Cerro Kuatia no departamento (estado) de Amambay, onde detectaram dois grandes campos com plantação de maconha em fase de crescimento.

Os policiais realizaram a destruição de toda a plantação e apreenderam duas motocicletas encontradas na área. Além disso, cortaram 11 hectares de plantações da droga, o que seria suficiente para a produção final de 33 toneladas de maconha. De acordo com as autoridades, o prejuízo causado à estrutura criminal é de cerca de 990 mil dólares.

O Cerro Kuatia, como outros que compõem a Cordilheira do Departamento de Amambay, cuja capital é Pedro Juan Caballero, geralmente é usada para o cultivo de maconha, apesar da dificuldade de entrar e estabelecer campos de drogas nessas elevações.

Comentário

Comentário

Veja Também

SEGUNDO SECRETARIO DE SAÚDE, AUMENTO DE CASOS DE DENGUE E ASSUSTADOR EM PONTA PORÃ

A sessão ordinária de terça feira (11) da Câmara Municipal de Ponta Porã, foi marcada ...