segunda-feira , 16 dezembro 2019
Home / Destaque / OPERAÇÃO POLICIAL BARRA INVASÃO DE PROPRIEDADES NO INTERIOR DO MS

OPERAÇÃO POLICIAL BARRA INVASÃO DE PROPRIEDADES NO INTERIOR DO MS

Uma operação envolvendo a Polícia Militar da Caarapó, a PMR (Polícia Militar Rodoviária Estadual) e o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) barrou um movimento que tinha como foco, segundo a polícia, montar acampamento às margens de rodovia para, posteriormente promover a invasão de propriedades rurais, entre Amambai e Caarapó. Segundo a polícia, informações levantadas pela DINTEL (Diretoria de Inteligência) da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, davam conta que integrantes do MST (Movimento Sem-Terra) parte deles da cidade de Caarapó e parte oriundos de outras regiões, planejavam agir na Rodovia MS-156, trecho que liga as cidades de Amambai e Caarapó.

Segundo a Polícia Militar o plano inicial seria montar acampamento às margens da rodovia estadual para, posteriormente, prover a ocupação ou invasão de fazendas da região. Diante das informações levantadas e com a intenção, segundo as forças de segurança, de impedir a ocupação irregular da área de domínio do Estado às margens da MS-156 e também possíveis conflitos agrários na região por conta da invasão de terras privadas, foi desencadeada uma operação envolvendo as forças policiais citadas acima.

Durante a ação, que também contou com apoio da Força Nacional, foram montadas barreiras, no decorrer da noite de sábado (19) para domingo, dia 20 de outubro, na MS156, onde vários veículos, segundo a polícia, que estavam em situação irregulares acabaram apreendidos. Parte deles, segundo a polícia, transportando pessoas que supostamente fariam parte do grupo interessado em ocupar as margens da rodovia.

De acordo com a polícia, durante a ação o comando da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar, com sede na cidade de Dourados, a qual a unidade da Polícia Militar de Caarapó pertence, manteve contato com líderes do MST e, por meio de diálogo, conseguiu com que os integrantes do movimento sem-terra suspendessem a suposta tentativa de ocupação das margens da MS-156 entre Amambai e Caarapó.

Fonte: A Gazetanews

Comentário

Comentário

Veja Também

GOLPE DA VENDA DE VEÍCULOS NAS REDES SOCIAIS ENTRA NA MIRA DA POLÍCIA EM PONTA PORÃ

Golpe da venda de veículos pelas redes sociais faz novas vitimas e policia cria força ...