domingo , 13 outubro 2019
Home / Economia / GOVERNO DO MS PAGARÁ ENCARGOS TRABALHISTAS DE EX-FUNCIONÁRIOS PRESTADORES DE SERVIÇO AO “GRUPO GERIR” EM PONTA PORÃ

GOVERNO DO MS PAGARÁ ENCARGOS TRABALHISTAS DE EX-FUNCIONÁRIOS PRESTADORES DE SERVIÇO AO “GRUPO GERIR” EM PONTA PORÃ

Após varios meses de impasse entre ex-funcionarios da Nutrimax Alimentos Eireli e Vix Serviços ES Ltda prestadora de serviços ao “Grupo Gerir” ex-administradora do Hospital Regional de Ponta Porã, o Governo realizará o pagamento aos ex-funcionario das empresas.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), deve pagar, nos próximos dias, o salário dos funcionários das empresas Nutrymax Alimentos Eireli e Vix Serviços ES Ltda que foram terceirizadas pela Organização Social (OS) GERIR, que fazia a gestão do Hospital Regional de Ponta Porã Dr. José Simone Neto. Os encargos trabalhistas que serão quitados totalizam R$ 283.235,81.

Diante da situação de insolvência e inadimplência da GERIR em todo país, o Governo do Estado rescindiu o contrato com a mesma e uma nova OS precisou assumir o hospital. Na época, o Governo, por meio da Secretaria de Saúde, pagou R$ 3,2 milhões aos colaboradores do hospital, apesar de não ter responsabilidade financeira sob os mesmos.

Desta vez, o Governo se colocou mais uma vez em prontidão e se comprometeu a quitar os encargos trabalhistas dos 21 funcionários da Nutrymax Alimentos, totalizando R$ 129.375,07, e 29 colaboradores da Vix Serviços, no montante de R$ 153.860,74. A GERIR terceirizou o serviço das empresas citadas, mas ao deixar o hospital não cumpriu com as obrigações financeiras.

“Mas uma vez, o Governo se empenha em resolver os entraves e não cessa em buscar condições para que o pagamento aconteça, apesar de não ser sua responsabilidade”, disse o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

A Procuradoria Geral do Estado, juntamente com a área jurídica da SES, viabilizam uma solução consensual para que o pagamento das empresas possa ser feito. Representantes da SES entrarão em contato com o Ministério Público do Trabalho de Dourados, na próxima segunda-feira, para intermediar o acordo com os representantes das empresas as quais os funcionários são vinculados.

Comentário

Comentário

Veja Também

GOVERNO DO MS ATENDE PRODUTORES RURAIS PARA ESCOAMENTO DA SAFRA AGRÍCOLA NO INTERIOR DO ESTADO

Uma das mais importantes estradas que atende produtores rurais para escoamento da safra agrícola ligando ...