segunda-feira , 21 outubro 2019
Home / Destaque / OPERAÇÃO DA DEFURV DESMONTA QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBO DE VEÍCULOS MEDIANTE SEQUESTRO NO MS

OPERAÇÃO DA DEFURV DESMONTA QUADRILHA ESPECIALIZADA EM ROUBO DE VEÍCULOS MEDIANTE SEQUESTRO NO MS

Desde o final do mês de junho, policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furto de Veículos (DEFURV) investigam uma série de sequestros relâmpagos que se estenderam até a quarta-feira (31), quando as ações tiveram início no dia 25 de junho, quando foi roubada uma camionete Toyota Hilux no bairro Coophatrabalho, em que a vítima foi mantida em cárcere por diversas horas.

Durante as investigações, o veículo foi recuperado e Leandro Silva (33), motorista de aplicativo de transporte de passageiros preso no dia 4 de julho por força de Mandado de Prisão Preventiva representado pela Especializada. Integrante ativa da quadrilha, Fernanda Tomé de Oliveira (23), responsável pelo cárcere da vítima, foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas no dia 12 de julho, também pela Defurv.

Mesmo com as prisões, as investigações tiveram continuidade, uma vez que ainda faltava a identificação de outros membros da quadrilha, bem como mandantes que dissimulavam suas identificações por meio de apelidos e utilização de pessoas que não se conheciam entre si.

Entre os dias 16 e 26 de julho foram roubados outros quatro veículos sendo Ford Fiesta, Ford Ka, Hyundai Creta, e Chevrolet Prisma, o que demonstrava a intensa agressividade da quadrilha e seus mandantes, que sempre através de ameaça de arma de fogo mantinham as vítimas em cárcere até que os veículos roubados chegassem em território boliviano.

Jhonathan Dulmonte da Silva (22) foi preso em flagrante no dia 26 de julho, pela Polícia Rodoviária Federal, conduzindo o veículo Chevrolet Prisma. Durante as investigações, apurou-se que Gislaine Chevalier Ribeiro de Almeida (32), Ricardo José dos Santos (40) e Jhonathan Fermino da Silva (20) integravam a quadrilha, sendo que R.F.S (30 anos) e H.Z.F. (36 anos) atuavam como mandantes.

No dia 31 de julho, a Polícia Militar prendeu em flagrante Michael Vera Cruz de Almeida (30) e Ronaldo de Andrade Costa (23), sendo que Abraão Ferrarezi Lima (18) e Davi Vitor Mendes (21) morreram no confronto policial, em razão da subtração do veículo modelo RAV 4, ocorrida no Bairro Santa Fé.

Diante das ações ocorridas no dia 31 de julho, e em razão de as diligências terem sido ininterruptas, a DEFURV deflagrou operação, a fim de prender os demais indivíduos integrantes da Organização Criminosa. Assim, em continuidade ao flagrante, foram presos Gislaine Chevalier Ribeiro de Almeida Ricardo José dos Santos, Jhonathan Fermino da Silva e Jessyka Midyan Delgado Manoel (27).

As ações do bando

Com cada função previamente estabelecida, em explícita divisão de tarefas a fim de impedir a identificação de todos integrantes, R.F.S (30 anos) e H.Z.F. (36 anos) – internos do Sistema Penal – “encomendavam” os carros a seus comparsas que estavam em liberdade.

Davi Vitor Mendes, Michael Vera Cruz de Almeida, Abraão Ferrarezi Lima e outros dois indivíduos (que não poderão ter maiores detalhes divulgados, pois ainda não foram presos), eram responsáveis pela execução da execução com abordagem à vítima, assalto e manutenção do cárcere.

Leandro Silva (33) e Ricardo José dos Santos (40) – motoristas de aplicativo de transporte de passageiros – eram contratados para dirigirem o carro de apoio, que seria usado para buscar e levar os demais bandidos em suas respectivas residências, bem como outros serviços necessários.

As mulheres Fernanda Tomé de Oliveira, Gislaine Chevalier Ribeiro de Almeida e Jessyka Midyan Delgado Manoel, auxiliavam na articulação entre os executores “de rua”, cárcere das vítimas e até mesmo tráfico de drogas. Ronaldo Andrade Costa (23) e J.F.S. (20) eram os motoristas responsáveis pelo transporte dos veículos até a Bolívia.

O veículo utilizado para a prática do roubo do Ford Fiesta também foi apreendido na quarta-feira (30). A polícia destaca que os mandantes R.F.S (30 anos) e H.Z.F. (36 anos) – hoje internos do Sistema Penal – foram presos no ano de 2018 pela DEFURV também em razão de participação em diversos roubos de veículos e caminhões ocorridos na Capital.

A Defurv agradece a todos os parceiros da investigação, em especial, Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos – Derf; Delegacia Especializada de repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros – GARRAS; Delegacia de Repressão aos Narcotráfico – Denar; Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário – DEPACs; Instituto de Identificação; Instituto de Criminalística; Gerência de Inteligência do Sistema Penitenciário; Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar/Choque.

Comentário

Comentário

Veja Também

UNIVERSITÁRIA DE MEDICINA E ENCAMINHADA A DELEGACIA DE POLÍCIA EM PONTA PORÃ AO SER FLAGRADA COM PLANTA DE MACONHA

Universitária de medicina e encaminhada a delegacia de polícia por portar droga para consumo ao ...