sábado , 18 janeiro 2020
Home / Destaque / GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE PONTA PORÃ PODE TER SIDO VÍTIMA DE ATROPELAMENTO INTENCIONAL

GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE PONTA PORÃ PODE TER SIDO VÍTIMA DE ATROPELAMENTO INTENCIONAL

Polícia Civil e GCMFron (Guarda Civil Municipal de Fronteira) investigam se guarda civil de Ponta Porã poderia ter sido vítima de atropelamento intencional.

A vítima, guarda civil municipal de Ponta Porã, segundo informações, conduzia um veículo da marca Chevrolet, modelo Corsa Sedan preto pela BR 463, por volta das 03:40hs da madrugada da ultima quinta feira (09) juntamente com uma suposta namorada, quando decidiu parar o veículo no acostamento vindo a descer momento este, em que um veículo da marca Fiat Uno Mille, de cor branca, cujo condutor ainda não foi identificado se aproximou em alta velocidade vindo a colidir violentamente contra o GCMFron que foi arremessado a mais de sete metros de distância e a porta do veiculo arrancada.

Na sequência o veículo causador do sinistro se evadiu do local sem prestar socorro, pela que investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil iniciou as investigações e com apoio de imagens de câmeras de circuito externo de segurança das imediações começaram a ser analisadas e testemunhas ouvidas.

Informações indicam que existem suspeitas de que o GCMFron pode ter sido vítima de crime passional, mas os investigadores não descartam nenhuma hipótese razão pela que a GCMFron e investigadores da Polícia Civil realizam  diligências por todas as regiões a fim de identificar o veiculo e o proprietário.

Comentário

Comentário

Veja Também

AUTORIDADES PARAGUAIAS INVESTIGAM MORTE DE PRESO NA FRONTEIRA

Autoridades de saúde e judiciais do Paraguai estão investigando a morte do interno Lorenzo Ramon ...