quarta-feira , 13 novembro 2019
Home / Eventos / UCP REALIZA NA FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAI A SÉTIMA EDIÇÃO DO FESTIVAL GUARANI

UCP REALIZA NA FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAI A SÉTIMA EDIÇÃO DO FESTIVAL GUARANI

Com a maioria dos estudantes do curso de medicina formado por estudantes brasileiros, a Universidad Central Del Paraguay (UCP) vem aproximando cada vez mais estes imigrantes na cultura local para que eles absorvam além do conhecimento acadêmico os hábitos, usos e costumes do povo paraguaio.

Uma das formas desta inserção é o Festival Guarani que foi realizado no salão de eventos do Clube Aquidaban em Pedro Juan Caballero que teve a realização de sua sétima edição, estes estudantes vindos de diferentes partes do país e que nunca tinham tido a oportunidade de conhecer o folclore, vivenciar e aprender um pouco da riquíssima e variada cultura local guarani.

“Nosso objetivo é fazer com que os estudantes, principalmente de outros países possam vivenciar a cultura paraguaia em suas mais variadas vertentes, em forma de dança, música, comidas e bebidas típicas e que eles se sintam verdadeiramente acolhidos em nosso país”, disse a coordenadora do evento professora de psicologia e guarani, matéria onde o festival está inserido, Mabel Cardozo.
Segundo ela houve um envolvimento todas do segundo semestre, desde a preparação da programação, como repertório musical, culinários e estudado e levantamento folclórico e cultural da festa.
Nesta edição foram convidadas a escola de dança da cidade de Horqueta, o grupo da Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, a escola de dança de Pedro Juan Caballero, a banda de música da prefeitura de Pedro Juan e o poeta Júlio César Jara Cabral e um elenco especial formado por médicos da própria Universidad Central Del Paraguay.
Para o diretor Geral da UCP, Karlos Bernardo, “a cada ano que passa o evento vai ganhando mais projeção dentro fora do meio acadêmico, mostrado que não somos apenas uma instituição de ensino superior, mais uma grande família formada por brasileiros e paraguaios que vivem nesta fronteira rica em tradição, cultura e amizade entre os povos”, disse Karlos Bernardo.

Comentário

Comentário

Veja Também

PROGRAMA SOCIAL DA PREFEITURA DE PONTA PORÃ ENTREGA VIOLÕES NO MUNICIPIO

O projeto é desenvolvido em parceria entre a secretaria municipal de Assistência Social e a ...