domingo , 8 dezembro 2019
Home / Destaque / COMERCIANTE DE PIZZA E EXECUTADO A TIROS EM BAIRRO DA CIDADE DE PONTA PORÃ

COMERCIANTE DE PIZZA E EXECUTADO A TIROS EM BAIRRO DA CIDADE DE PONTA PORÃ

O mesmo foi identificado como, Leandro Calonga Bobadilha (25) mais conhecido como “Leco” que na manha de sábado (19) transitava pela rua Cipreste no bairro Residencial Ponta Porã I em companhia de seu sócio a bordo de um veiculo da marca Fiat, cor vermelha, placa HRP 6825 do município de Ponta Porã, quando foi atacado a tiros pelos pistoleiros, que segundo testemunhas, se encontravam a bordo de uma motocicleta que dispararam aproximadamente 15 tiros de pistola do calibre 9mm contra a vítima, que chegou a descer do veiculo e correu por uns 15 metros, onde acabou morto com disparos na altura da cabeça.

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) e agentes da Polícia Técnica coordenados pelo delegado Dr. Caio Macedo realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam o corpo ao IML para posterior entrega aos familiares, que manifestaram que a vítima era um trabalhador e que a aproximadamente dois meses teria aberto um local de venda de pizza na cidade de Ponta Porã e na manha de hoje teria se dirigido a uma oficina a fim de consertar um problema mecânico em seu veiculo e ao sair do local teria sido seguido pelos pistoleiros que o alcançaram na rua Cipreste onde foi executado a tiros, já o sócio que se encontrava em sua companhia após o ataque teria se refugiado por medo e devera comparecer a delegacia de polícia a fim de brindar declarações.

Até o momento se desconhece as motivações para a brutal execução do jovem comerciante de pizza na cidade de Ponta Porã, onde alguns moradores manifestaram que a execução poderia ter motivação comercial, a polícia não confirmou nade nesse sentido e não descarta nenhuma hipótese que sera investigada pelo SIG da Policia Civil.

Comentário

Comentário

Veja Também

DEPUTADO CAI EM BLITZ DA LEI SECA NO MS, RECUSA BAFÔMETRO E TEM HABILITAÇÃO RECOLHIDA

A noite do último sábado (07) terminou complicada para o deputado estadual Pedro Kemp (PT). Depois ...