sexta-feira , 6 dezembro 2019
Home / Destaque / PM REFORMADO TEM VEICULO APREENDIDO AO TRANSPORTAR GRANDE QUANTIDADE DE MERCADORIAS DO PARAGUAI AO BRASIL

PM REFORMADO TEM VEICULO APREENDIDO AO TRANSPORTAR GRANDE QUANTIDADE DE MERCADORIAS DO PARAGUAI AO BRASIL

Policia Rodoviária Federal apreende veiculo conduzido por Policial Militar reformado transportando grande quantidade de mercadorias oriundas do Paraguai.

O caso foi registrado na tarde de quarta feira (16) por volta das 15:04hs, quando Policiais Rodoviários federais em fiscalização na BR 463, na região de Ponta Porã abordaram o veiculo da marca GM-Astra, cor cinza, utilizando placas EEK 0360, conduzido pelo Policial Militar reformado A.L.V. (58) oriundo do município de Tres Lagoas, que se encontrava acompanhado de sua esposa A.S.F., transportando no interior do veículo e no porta-malas, uma grande quantidade de mercadorias adquiridas no Paraguai, em quantidades que indicaram a destinação comercial dos itens e cujo valor ultrapassa a cota legal de importação com isenção de impostos, via terrestre, por pessoa.

O policial reformado alegou que as mercadorias pertenciam á sua esposa, proprietária do veículo e que seriam revendidas em um comércio de propriedade de ambos e segundo manifestaram a mercadorias, em sua maioria era linhas de pesca, aproximadamente 150 caixas, conforme manifestações do casal, as mercadorias foram apreendidas juntamente com o veículo e, segundo os Policiais Rodoviários Federais, será encaminhada ao depósito da Receita Federal do Brasil em Ponta Porã juntamente com a carga apreendida.

Já durante a finalização dos procedimento da Ocorrências e entrega da respectiva via para os envolvidos, foram encontrados no veículo, ocultos sob as caixas de linhas de pesca, uma grande quantidade de lunetas telescópicas marca Bushnell de alto valor para a venda em território brasileiro, os policiais ainda encontraram 20 pacotes de cigarros, pela que solicitaram a reabertura do da Ocorrência Policial para retificação das mercadorias apreendidas, em razão dos ocupantes do veículo não terem declarado o transporte dessas mercadorias, já que os mesmos só manifestaram que transportavam apenas a carga de linhas de pesca, omitindo a presença das demais mercadorias.

Comentário

Comentário

Veja Também

CÂMARA VAI DEVOLVER MAIS DE R$ 1,4 MILHÃO À PREFEITURA DIZ CANDINHO GABÍNIO

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Candinho Gabínio (PSDB), anunciou na sessão ordinária ...