quinta-feira , 23 janeiro 2020
Home / Destaque / ACIDENTES NA MS 164 NA REGIÃO DE ASSENTAMENTO GERA REUNIÃO ENTRE VEREADORES E LÍDERES COMUNITÁRIOS EM PONTA PORÃ EM BUSCA DE MAIS SEGURANÇA NO TRANSITO

ACIDENTES NA MS 164 NA REGIÃO DE ASSENTAMENTO GERA REUNIÃO ENTRE VEREADORES E LÍDERES COMUNITÁRIOS EM PONTA PORÃ EM BUSCA DE MAIS SEGURANÇA NO TRANSITO

Presidente da Associação de Moradores do Assentamento Nova Itamarati acompanhado de líder comunitário se reúnem com presidente da Câmara e vereador em Ponta Porã a fim de solicitar maior segurança no trânsito na região e na MS 164.

Na manha de terça feira (01) o presidente da Associação de Moradores, Luís Artur e o líder comunitário Junior Amaral Sobrinho, do Assentamento Nova Itamarati se reuniram com o Vereador Candinho Gabínio (PSDB) presidente da Câmara de Vereadores de Ponta Porã e com o Vereador Paulinho Roberto (PT), onde em reunião manifestaram sua preocupação com o aumento dos casos de acidentes na região, segundo o presidente da Associação de Moradores, a causa estaria na alta velocidade em que transitam os veículos pela MS 164 que atualmente se encontra com o a lombada eletrônica de velocidade desligada nas proximidades de entrada a Vila do Secador, onde o trânsito e intenso, já que os moradores ao se deslocar da Vila do Secador a Vila da Subprefeitura ou em direção a cidade devem entrar na MS 164 que ante a falta de sinalização ou uma lombada acabam se envolvendo em acidente na região, o líder comunitário Junior Amaral, manifestou ao presidente da Câmara e ao vereador a intenção de na quarta feira estar construindo três lombadas na região, já os vereadores Candinho Gabínio e Paulinho Roberto apoiaram a ideia e se comprometeram a falar com o Secretario Municipal André Manosso, de Obras e Urbanismo a que este facilite placas de sinalização de trânsito para serem instaladas na região.

A MS 164 de responsabilidade do governo do estado do Mato Grosso do Sul e fiscalizada pela Polícia Militar Rodoviária pela que nos casos de acidentes os mesmos devem ser acionadas para realizara e confeccionar o Boletim de Ocorrência contando com o apoio da Polícia Militar do assentamento.

Segundo o presidente da associação, os acessos ilegais construídos na área do antigo aeroporto não seria o problema na área, e a instalação dos redutores de velocidade já daria uma maior segurança no trânsito aos moradores do assentamento e aos condutores que transitam pela MS 164, cabe lembra que a região tem os seus acessos devidamente identificados, razão pela que a existência de abertura de acessos ilegais estaria fora dos padrões da Lei do Trânsito, mas esta situação se estaria dando na região a fim de beneficiar algumas pessoas na área, caso que deverá ser investigada pelas autoridades competentes ou discutidas nas reuniões de moradores do Assentamento Nova Itamarati na busca por uma solução para que não ocorra ações isoladas que terminem colocando a vida de moradores em risco, já que a região tem seus locais de acesso devidamente sinalizada, as mesmas devem ser respeitadas.

Segundo o presidente da associação e o líder comunitário a instalação das lombadas já resolveria parte o problema e os números de acidentes na área diminuirá, pela que na quarta feira estariam iniciando os trabalhos de construção das mesmas nas proximidades da rotatória de acesso a Vila da Subprefeitura e nas proximidades de acesso a Vila do Secador.

Comentário

Comentário

Veja Também

PREFEITO DE PONTA PORÃ ASSINA CONTRATO DO FONPLATA EM BRASÍLIA

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB) assinou na manhã de quarta feira, ...