quinta-feira , 17 outubro 2019
Home / Esportes / PROFESSOR DE JUDÔ DE PONTA PORÃ PARTICIPA DE INTERCÂMBIO NO JAPÃO

PROFESSOR DE JUDÔ DE PONTA PORÃ PARTICIPA DE INTERCÂMBIO NO JAPÃO

O professor de judô Nicodemos Filgueiras Júnior participa do programa esportivo de intercâmbio Sport to Tomorrow, que liga o Brasil e o Japão. A parceria é promovida pela Embaixada do Japão no Brasil, aliada à Confederação Brasileira de Judô (CBJ), o Governo Federal do Brasil e o Instituto Kodokan do Brasil.

O sul-mato-grossense é faixa-preta 5° Dan, graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), pós-graduado em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal de Rondônia (UFRO) e mestre em Psicologia da Saúde (Qualidade de Vida) pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Filgueiras passará os meses de setembro e outubro no Japão, com aulas na Universidade de Tsukuba e no Instituto Kodokan, em Tóquio, berço do judô. De acordo com a CBJ, por meio de publicação em seu portal na internet, o objetivo do programa é “oferecer aos professores brasileiros uma oportunidade única de vivenciar e observar como o judô é trabalhado no sistema educacional do Japão”.

Em troca, os professores terão a responsabilidade de trabalhar propostas exequíveis de implantação do judô na grade curricular das escolas públicas em suas cidades natais no Brasil.

Ao todo, oito professores foram selecionados para o intercâmbio esportivo, oriundos dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso do Sul. A processo de seleção dos participantes foi realizado pela CBJ, Instituto Kodokan do Brasil e Ministério da Educação do Japão.

Todos os candidatos foram submetidos à análise de currículo, entrevista com obrigatoriedade de proficiência em língua inglesa e apresentação dos projetos que estão à frente em seus respectivos estados. Isto é, a seleção levou em consideração a atuação destes professores, com a finalidade de valorizar aqueles que já trabalham com judô escolar e em projetos sociais.

O representante de Mato Grosso do Sul realiza desde 2010 projeto no distrito Nova Itamarati, considerado o maior assentamento do planeta, em Ponta Porã, a cerca de 312 quilômetros da capital Campo Grande. Associação Atlética Nico Judô atende centenas de crianças e jovens de baixo poder aquisitivo.

Além de Filgueiras, foram selecionados Silvana Nagai (RJ), Antonio Carlos Tavares Junior (SP), Édson Luís Lorenzett (SC), Gleyson Ribeiro Alves (MG), Maicon Deivison da Cruz Moreira (BA), Rodrigo Augusto Trusz (RS) e Saimon Magalhães de Souza (PR).

Desde 2016, o Brasil e o Japão mantêm uma parceria para a troca de experiências esportivas e de organização dos Jogos Olímpicos. Uma das iniciativas, assinada durante o Fórum Mundial de Cultura e Esporte, teve como objetivo o envio de professores brasileiros de judô para treinamento no Japão, a fim de conhecerem a forma de ensino da modalidade em escolas públicas e replicarem o modelo no Brasil. Ao todo, 15 profissionais brasileiros já passaram pelo curso em parceria com a Universidade Tsukuba.

Fonte https://www.jornalasemanapp.com.br

Comentário

Comentário

Veja Também

A “NAVEGAR ESCOLA NÁUTICA” ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSO DE HABILITAÇÃO ARRAIS AMADOR E JET SKI EM PONTA PORÃ

O curso está previsto para ocorrer no próximo dia 19 de Outubro, quando os inscritos ...