terça-feira , 15 outubro 2019
Home / Destaque / NO INTERIOR DO MS PORTAL DA TRANSPARÊNCIA EXPÕE “FARRA DE DIÁRIAS” EM PREFEITURA ADMINISTRADA PELO PSDB

NO INTERIOR DO MS PORTAL DA TRANSPARÊNCIA EXPÕE “FARRA DE DIÁRIAS” EM PREFEITURA ADMINISTRADA PELO PSDB

“Farra de diárias” na Assessoria Jurídica da prefeitura de Bela Vista passa despercebido a autoridades do legislativo e do Ministério Público no interior do Mato Grosso do Sul.

Segundo mostra o portal da transparência da prefeitura municipal de Bela Vista administrada pelo alcaide Reinaldo Benites “Piti” (PSDB) o assessor jurídico Gabriel Barbosa Ramos, teria recebido no dia 29/08/2019 em viagem para Campo Grande capital do Mato Grosso do Sul o valor de três diárias que corresponde a R$ 255,00 por dia, mas foi paga três para um único dia, no valor de R$ 765,00.

A reportagem também apurou que o assessor jurídico recebeu no dia 24/07/2019, para se deslocou até Ponta Porã, duas diárias com data do mesmo dia e para o mesmo lugar, no valor de R$ 255,00, mesmo valor paro para viagem a Capital, num total de R$ 510 reais, sendo que o valor para diária correto seria R$ 212,00 valor interior, conforme tabela da própria prefeitura da Portaria 008/2019 publicada dia 02 de maio de 2019, a farra com as diárias evidencia que quem deveria zelar pela lei acaba disfrutando dela no interior do Mato Grosso do Sul. 

Informações indicam que o Assessor Jurídico foi nomeado no dia 03 de julho de 2019, como mostra a publicação no Diário Oficial do Município de Bela Vista, recebeu em apenas dois meses de trabalho o absurdo valor de R$ 6.120,00 (seis mil cento e vinte reais) em uma cidade com pouco mais de 24 mil habitantes que vivem sem perspectiva de um bom emprego, com um sistema de saúde em péssimas condições, com uma educação de baixa qualidade e com a segurança pública marcada pela falta de investimento.

O portal de transparência esta a disposição da população e dos próprios vereadores eleitos pela população para que fiscalize este tipo de ação que devería ser informada ao Ministério Público Estadual, mas até o momento parece ter passado despercebido aos integrantes do legislativo municipal.

Fonte https://web.neainformatica.com.br/transparencia/index.xhtml?cliente=pmblv

Comentário

Comentário

Veja Também

FORAGIDO DA JUSTIÇA DE PERNAMBUCO E PRESO NA FRONTEIRA COM O PARAGUAI

O caso foi registrado durante a “Operação Hórus”, desencadeada pela SEJUSP/MS e pela Secretaria Nacional ...