quinta-feira , 17 outubro 2019
Home / Destaque / PRESIDENTE DO PARAGUAI PEDE ARREGO E SOLICITA QUE O DEIXEM TERMINAR SEU MANDADO

PRESIDENTE DO PARAGUAI PEDE ARREGO E SOLICITA QUE O DEIXEM TERMINAR SEU MANDADO

O presidente Mario Abdo Benitez (ANR) na corda bamba após a fuga do líder do Comando Vermelho durante seu encaminhamento a outra prisão na região de Emboscada cujo comboio foi atacado por homens armados com arma de guerra e liberaram Jorge Samudio Gonzalez, vulgo “Samura” que culminou com a execução do subcomissário Luís Caballero Ferrari, caso que revoltou a população paraguaia que cobra a destituição do Ministro do Interior Juan Ernesto Villamayor e um posicionamento do presidente do Paraguai Mário Abdo Benites.

Mario Abdo Benitez durante uma visita ao estado de Concepción pediu paz e reconciliação, o presidente em sua fala prometeu que não irá concorrer as próximas eleições se o deixarem completar o seu mandato presidencial ate o ano de 2023 quando deixará o cargo, durante a visita ao estado o presidente paraguai manifestou que tem a certeza que fez o melhor pelo país, onde busca apenas o bem estar da população “E meu compromisso com os paraguaios que não buscarei a reeleição” disse Mário Abdo Benitez que a cada dia ganha uma enxurrada de críticas pela administração considerada péssima pelos paraguaios, em razão de que o presidente teria perdido a administração do país hoje tomada pelo crime organizado que tem atuado de forma violenta com liberação de presos e assaltos a carros blindados de transporte de valores.

Esta e outras situações colocaram a administração e a carreira política de Mario Abdo Benitez na corda bamba pela que a captura do líder do Comando Vermelho e uma das prioridades da cúpula da segurança pública no Paraguai, onde a população começa a se movimentar em repudio a fuga, fato que pode acabar na destituição do presidente, razão pela o presidente paraguaio aposta suas últimas cartas na captura do líder do Comando Vermelho e de seus principais aliados no Paraguai que poderia ocorre com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) com quem o presidente Mário Abdo Benitez manteria uma amizade pessoal e uma política de combate ao narcotráfico e ao crime organizado.

Comentário

Comentário

Veja Também

ESTUDANTES CHEGAM A FRONTEIRA PARA SE INSCREVER EM CURSO DE MEDICINA E ACABAM FLAGRADAS COM CARGA DE MACONHA EM PONTA PORÃ

Paulistas vem a fronteira para se inscrever em curso de medicina e ao voltar ao ...