terça-feira , 17 setembro 2019
Home / Destaque / HOMENS INVADEM DELEGACIA DE POLÍCIA SITUADA A METROS DA FRONTEIRA COM O PARAGUAI E RESGATAM PRESO

HOMENS INVADEM DELEGACIA DE POLÍCIA SITUADA A METROS DA FRONTEIRA COM O PARAGUAI E RESGATAM PRESO

O fato foi registrado na tarde de domingo (08) por volta das 12:00hs, quando o policial plantonista da Delegacia de Polícia Civil da cidade de Coronel Sapucaia na fronteira com a cidade paraguaia de Capitan Bado, que se encontrava sozinho, saiu da delegacia de Polícia por uns minutos em busca de comida para o preso, ao regressar encontrou a porta da delegacia arrombada e os cadeados de uma das celas onde se encontrava o preso identificado como, Ari Pavam, preso em flagrante pela Polícia Militar na noite de sábado (07) por volta das 20:00hs, quando transitava a bordo de um veiculo da marca GM-Corsa, NSD 2563 com registro de roubo-furto, ainda durante o procedimentos os Policiais Militares apreenderam em poder de Ary uma pistola do calibre 45 marca Taurus carregada com munição estrangeira, pela que recebeu voz de prisão e foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil de onde na tarde de domingo, com apoio de desconhecidos que arrombaram a porta da delegacia e posteriormente arrebentaram os cadeados de acesso às celas e conseguiu fugir.

O mesmo se encontra na cela da delegacia policial em razão de que o EPAM (Estabelecimento Prisional de Amambai) so recebe os presos, mesmo em flagrantes, só após estes ter uma ordem judicial de prisão que deve ser emitida pelo Poder Judiciário após a famosa “Audiência de Custodia”.

Cabe lembrar que a delegacia de Polícia Civil da cidade de Coronel Sapucaia esta situada a metros da linha divisória da cidade Paraguaia de Capitan Bado e que o prédio já foi alvo de outras ações de integrantes do crime organizado que atua nessa parte da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, onde a falta de estrutura do prédio coloca em risco a vida dos policiais que devem realizar sozinhos plantões para atender a população e ainda cuidar de presos e buscar ainda a sua comida e a do preso da “casa abrigo municipal” tendo que o preso ficar sozinho na delegacia a espera de ser enviados ao EPAM, situação que beneficia a ação dos integrantes do crime organizado e do narcotráfico para resgatar seus cúmplices da delegacia policial.

Comentário

Comentário

Veja Também

DISCUSSÃO EM BAIRRO DE PONTA PORÃ CULMINA COM GENRO INVADINDO RESIDÊNCIA E INCENDIANDO VEICULO

Após discussão familiar genro invade residência em bairro de Ponta Porã durante a madrugada e ...