terça-feira , 15 outubro 2019
Home / Destaque / PROJETO MOTOCICLISTA LEGAL DESENCADEIA OPERAÇÃO SALVANDO VIDAS NO TRÂNSITO DE PONTA PORÃ

PROJETO MOTOCICLISTA LEGAL DESENCADEIA OPERAÇÃO SALVANDO VIDAS NO TRÂNSITO DE PONTA PORÃ

A ação foi registrada na manha de terça feira (27) em varias ruas de Ponta Porã, onde a GCMFron (Guarda Civil Municipal de Fronteira) a Policía Militar e o Ministério Público desencadearam a ação da Operação Salvando Vidas dentro do projeto motociclista legal, onde várias motocicletas em péssimas condições e sem as documentações pertinentes foram apreendidas durante a operação que foi acompanhada pelo promotor de justiça Dr. Gabriel da Costa Rodrigues Alves.

A falta de um conhecimento das Leis de transito e de conscientização dos condutores de motociclistas chamou a atenção das autoridades, já que várias se encontravam em estado lamentável, sem sinaleiro e sem luz além da motocicleta se encontrar em péssimo estado de conservação com três a quatro pessoas transitando a bordo, em varias motocicletas eram levadas ate duas a três crianças que evidencia a falta de conscientização dos próprios pais que colocam a sua própria vida e de seus filhos em risco.

O Promotor de Justiça Dr. Gabriel da Costa Rodrigues Alves que acompanha as blitz de fiscalização de motos irregulares, disse que Lei precisa ser cumprida e durante uma conversa informal contou o alto número de acidentados no hospital da cidade, também da dificuldade de fiscalizar o transito onde vários pais com escassos recursos econômicos utilizam as motocicletas, situação que acaba levando o condutor a colocar em perigo a própria vida e de seus próprios filhos ao transitar a bordo de motocicletas em condições alarmantes.

O objetivo das blitz e fiscalizar a situação documental das motos que transitam pelas ruas de Ponta Porã com varias irregularidades visíveis com condutores sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), bem com evitar roubos, furtos e assaltos, mas o intuito maior da operação e salvar vidas e evitar assim acidentes que podem culminar em morte ou invalidez dos condutores e seus familiares ou a de pedestres que transitam pelas ruas da cidade.

Comentário

Comentário

Veja Também

CASAL DE “TURISTA” E ENCAMINHADO A PF APÓS SER FLAGRADO COM MAIS DE 2O KILOS DE COCAÍNA NA REGIÃO DE PONTA PORÃ

O fato foi registrado durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal na BR 463, na região ...