terça-feira , 15 outubro 2019
Home / Destaque / LÍDER DE QUADRILHA DE ASSALTANTES E SEQUESTRADORES É PRESO PELA POLÍCIA NO INTERIOR DO MS

LÍDER DE QUADRILHA DE ASSALTANTES E SEQUESTRADORES É PRESO PELA POLÍCIA NO INTERIOR DO MS

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) coordenado pelo delegado Dr. Rodolfo Daltro, da Polícia Civil da cidade de Dourados, prendeu o líder do bando que roubou uma residência e sequestrou os moradores no último dia 14 e recuperou jóias, televisão e outros bens roubados durante o ataque sendo na operação identificados mais dois integrantes do bando e presos três receptadores. Também foi localizado o HD que havia sido levado da casa das vítimas pelos ladrões, como forma de dificultar as investigações.

Na noite do dia 14, data do assalto, o SIG foi acionado em razão de uma família ter sido vítima de roubo, tendo três bandidos armados invadido a residência rendendo quem ali estava. Os assaltantes saíram da casa levando as vítimas, dois adultos e duas crianças em uma Tucson, sendo todas mantidas como reféns. A camionete da família, uma Amarok, também foi roubada.
Ainda na noite do dia 14 Gabriel, o “Degolado”, foi preso pela PRF no Posto Capey, quando tentava levar a camionete para o Paraguai. As vítimas e a Tucson foram abandonados pelos outros dois ladrões, na mesma noite.

Através de diligências o SIG apurou que um dos coautores do crime seria Wanderson Romeiro, o “Wandinho”, amigo de Gabriel Degolado. Também, o SIG apurou que outro envolvido no roubo seria o proprietário de um carro prata, provavelmente Agile, que teria levado os bandidos até o local do crime e depois resgatado os que estavam na Tucson.

Na manhã, do dia 15, em continuidade às investigações e operações, Raimundo Gabriel foi identificado como o líder da quadrilha, sendo preso em sua casa. No bolso da calça usada por ele foram encontradas munições calibre 22, tendo ele dito que essa arma teria sido usada por ele no crime.

Raimundo Gabriel confessou ter deixado essa arma com o motorista da UBER, por ele identificado como Adriano da Rocha, sendo que Adriano também teria fornecido as outras armas usadas pelos assaltantes. Na casa de Raimundo Gabriel os policiais apreenderam uma televisão roubada da residência assaltada e uma Carteira de Trabalho de Wanderson Romeiro, envolvido no crime como coautor.

Raimundo detalhou que praticaram o roubo ele, Wanderson, Gabriel Degolado e Adriano da Rocha. Raimundo falou que havia vendido para Leonardo Bordin um par de alianças e uma pulseira roubada da família, pelo valor de R$ 1.400. Com isso, foi realizada a prisão de Leonardo Bordin Leite e João Vitor Martinez.

João Vitor escondia em seus bolsos, a pedido de Leonardo, as alianças roubadas. Sobre a pulseira, Leonardo disse que a teria vendido a Noé Kyone Belmiro de Oliveira. Preso, Noé confessou ter adquirido a pulseira de Leonardo, sendo que na negociação conseguiu o valor de R$ 4 mil. Mais dois integrantes do bando, Wanderson Romero Barbier e Adriano Carlos da Rocha, estão foragidos.

Comentário

Comentário

Veja Também

CASAL DE “TURISTA” E ENCAMINHADO A PF APÓS SER FLAGRADO COM MAIS DE 2O KILOS DE COCAÍNA NA REGIÃO DE PONTA PORÃ

O fato foi registrado durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal na BR 463, na região ...