domingo , 15 setembro 2019
Home / Destaque / COORDENADORA DO PARLAMENTO FEMININO DE FRONTEIRA PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO

COORDENADORA DO PARLAMENTO FEMININO DE FRONTEIRA PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO

A convite do senador Nelsinho Trad (PSD), a coordenadora do Parlamento Feminino de Fronteira, vereadora Anny Espinola (PSDB), participou na quinta-feira (11), da Audiência Pública sobre violência contra a mulher no Senado Federal.

Anny Espinola em seu pronunciamento, agradeceu os senadores Nelsinho Trad, Espiridião Amim e Marcos Val além da Secretária de Estado de Cidadania, Luciana Azambuja e ao Governador Reinaldo Azambuja pelo apoio na luta contra a violência contra a mulher no estado do Mato Grosso do Sul e na região de fronteira.
Segundo a vereadora, as violências de gênero registradas na fronteira, não são diferentes de outras localidades do Brasil e dos países vizinhos.
Anny pontuou que as particularidades da região de fronteira favorecem a impunidade e a fuga de quem comete crimes na fronteira. Para se combater a impunidade, na visão da vereadora, é necessário planejar e executar ações conjuntas, envolvendo o esforço da sociedade, autoridades, empresas privadas, instituições públicas, num trabalho gigantesco que tem como primeiro objetivo informar à vítima de violência, que ela não está sozinha e criar mecanismos que permitam ao Estado combater este tipo de violência.

O Parlamento feminino de fronteira é composto por vereadoras de 18 municípios da região de fronteira. São eles: Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Tacuru, Sete Quedas, Mundo Novo, Eldorado, Japorã, Ladário, Laguna Carapã, Paranhos, Porto Murtinho e Corumbá.
Desde o início de seu mandato, em 2017, Anny realiza audiências públicas promovendo o debate sobre o assunto e tem ganhado o apoio das autoridades paraguaias e brasileiras.

Fonte Markon Machado

Comentário

Comentário

Veja Também

NO INTERIOR DO MS PORTAL DA TRANSPARÊNCIA EXPÕE “FARRA DE DIÁRIAS” EM PREFEITURA ADMINISTRADA PELO PSDB

“Farra de diárias” na Assessoria Jurídica da prefeitura de Bela Vista passa despercebido a autoridades ...