sexta-feira , 20 setembro 2019
Home / Destaque / POLÍCIA IDENTIFICA CORPO DE JOVEM EXECUTADO COM SINAIS DE TORTURA NA FRONTEIRA

POLÍCIA IDENTIFICA CORPO DE JOVEM EXECUTADO COM SINAIS DE TORTURA NA FRONTEIRA

Policia Civil identifica corpo de jovem encontrado executado após sofrer tortura e abandonado sem vida em caminho vicinal próximo a fronteira com o Mato Grosso do Sul.

A vitima foi identificado como o brasileiro, Samuel Mesquita de Oliveira (28) oriundo do município de Altamira do estado do Para, encontrado executado na ultima segunda feira (08) por volta das 17:15hs, após populares que transitavam pelo caminho vicinal entre a colônia República e o bairro Industrial de Pedro Juan Caballero, visualizarem o corpo do jovem executado com três disparos de arma de fogo, possivelmente pistola do calibre 9mm e se encontrava amarrados de pés e mãos e boca, usando uma camiseta preta e calça jeans da cor preta com chinelo nos pés, jogado em meio ao lixo na beira da estrada e imediatamente alertaram os agentes da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica que com apoio da promotora de justiça Liz Nadine Portillo e do medico legista Cesar Gonzalez, realizaram os procedimentos de rigor, onde encontraram no bolso da calça da vítima duas munições do calibre 9mm e encaminharam o corpo ao IML a espera dos familiares que na manha de terça feira entraram em contato com as autoridades brasileiras manifestando que teriam reconhecido a vitima pelas imagens postadas nas noticias dos meios de comunicação local.

Após os trabalhos de praxe a promotora de justiça Nadine Portilllo realizou a entrega do corpo que foi encaminhado para a sua preparação e posterior translado ao estado do Para, ate o momento a policia não tem pista sobre a motivação da execução do jovem paraense nesta parte da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

Relembre o caso http://poranews.com/?p=40576

Comentário

Comentário

Veja Também

“OPERAÇÃO RENOVAÇÃO” DA POLICIA CIVIL PRENDE DOIS EM PONTA PORÃ

Duas pessoas foram presas durante ação conjunta contra o narcotrafico da Polícia Civil de Ponta ...