quarta-feira , 26 junho 2019
Home / Esportes / 250 ATLETAS PARTICIPAM DA PROVA TRAIL RUN NA CIDADE DE BONITO

250 ATLETAS PARTICIPAM DA PROVA TRAIL RUN NA CIDADE DE BONITO

A prova de Trail Run (Desafio Boiadeira) disputada no último domingo (19) na cidade de Bonito no interior do estado do Mato Grosso do Sul contou com a participação de cerca de 250 atletas do estado e de outro estados, na qual se consagrou o campo-grandense Rafael Santeramo. O pódio masculino foi completado por Leonardo Moraes, Vilmar Dias, André do Nascimento e Abissai Ricci.

No feminino a douradense Gabriela Letícia Rocha foi a vencedora com Roberta Lima Medina na segunda colocação, Maira Brum em terceiro, Marleyde de Fátima Costa em quarto e Natália Duarte na quinta colocação.
Já nos 5 quilômetros o bonitense Reinaldo Alves de Barros foi o primeiro colocado e Hélio Baiano foi o segundo, Ramão Gonçalves o terceiro, Kaito Cassio Araújo o quarto e Diones Gleison Benites ocupou a quinta colocação.
A douradense Lydiane Nunes de Oliveira e Silva venceu entre as mulheres, com Drica Vaz na segunda colocação, Lucilene Aristimunho em terceiro, Isabelly Rodrigues em quarto e Juliana Paula Reis fechando o pódio.
A prova foi considerada como desafiadora pelos participantes que encontraram no percurso obstáculos naturais com terra e lama e parte de asfalto na área urbana da prova. A corredora de aventura Drica Vaz, que corre estes tipos de provas por vários países, disse que o Desafio da Boiadeira não fica devendo em nada para outras competições e que pretende voltar em outras edições. “Foi tudo muito bem organizado, com um percurso excelente e o clima favorável. Corri, curti a natureza e consegui fazer um bom tempo. Adorei”, disse ela.

Greyc Goulart da empresa G2 que organizou o evento disse que o Desafio da Boiadeira superou as expectativas e a presença de grandes atletas e o apoio dos patrocinadores foram fundamentais para consolidar o evento. “Ficamos muito satisfeitos com a corrida e o compromisso agora é melhorar a cada ano”.
Alan Velcic, outro organizador contou que a ideia para o ano que vem é incrementar com a prova de 21 quilômetros colocando mais dificuldade e adrenalina para os competidores. “Já fizemos umas vistorias em toda a estrada história da Boiadeira descobrimos trechos que eram percorridos pelos comerciantes de gado no passado e que agora servirão como trajeto para o percurso do próximo ano”, disse ele.

Comentário

Comentário

Veja Também

MARCELO SHINKAWA NUNES SE CONSAGRA CAMPEÃO SUB14 DO TORNEIO DE XADREZ DA ESCOLA MAGSUL EM PONTA PORÃ

O torneio de xadrez do Magsul aconteceu na tarde de sexta-feira (31) e valeu rating ...