quinta-feira , 22 agosto 2019
Home / Destaque / PRESIDENTE DA CÂMARA DE PONTA PORÃ PEDE INVESTIGAÇÃO SOBRE VENDAS DE CASAS NO KAMEL SAAD

PRESIDENTE DA CÂMARA DE PONTA PORÃ PEDE INVESTIGAÇÃO SOBRE VENDAS DE CASAS NO KAMEL SAAD

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Candinho Gabínio (PSDB), solicitou informações quanto à venda de casas no Conjunto Habitacional, Kamel Saad, situado no municipio de Ponta Porã.

O pedido do vereador foi solicitado durante a sessão ordinária da última terça-feira (14), e encaminhado ao prefeito, Hélio Peluffo Filho, com cópias ao secretário municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Esgaib Campos, à diretora presidente da Agência Municipal de Habitação, Larissa Vieira da Rocha Pimentel, ao promotor de justiça de Ponta Porã (nos feitos e procedimentos referentes à proteção do meio ambiente, da habitação, urbanismo e patrimônio histórico e cultural), Dr. Gabriel da Costa Rodrigues Alves, e ao gerente da Caixa Econômica Federal de Ponta Porã, Carlos Herebia.

Candinho Gabínio disse que o anúncio de vendas das casas tem sido uma prática comum nas redes sociais. “O conjunto habitacional Kamel Saad foi inaugurado em 2016, e contemplou cerca de 1000 famílias com casas que foram construídas através do programa federal “Minha Casa Minha Vida”. Porém a nossa assessoria vem recebendo denúncias sobre moradores beneficiados pelo programa, que colocaram seus imóveis à venda nas redes sociais, ferindo assim, o princípio inicial do projeto idealizado, que é beneficiar famílias que não possuíam condição de construir a própria casa”, relatou.

O presidente do Poder Legislativo também falou sobre a importância da investigação sobre esses casos. “Solicitamos, que o Poder Executivo faça uma análise das casas que estão sendo colocadas à venda, assim como a Promotoria de Justiça colha informações necessárias para que os responsáveis sejam penalizados civilmente, e por fim, que a Caixa Econômica Federal analise as possíveis vendas que venham à ocorrer, de modo que a nós enquanto representantes do povo, possamos dar uma resposta à população que frequentemente nos questiona sobre este fato”, disse.

Comentário

Comentário

Veja Também

FAZENDEIRA E SEGURANÇA SÃO PRESOS DURANTE “OPERAÇÃO FRONTEIRA SEGURA II” EM AÇÃO CONJUNTA DA PF E FN EM PONTA PORÃ

Fazendeira e segurança são presos em ação conjunta da Polícia Federal e Força Nacional durante ...