segunda-feira , 22 julho 2019
Home / Geral / COORDENADORA DO PARLAMENTO FEMININO VISITA CIDADES DO INTERIOR DO MS

COORDENADORA DO PARLAMENTO FEMININO VISITA CIDADES DO INTERIOR DO MS

Coordenadora do Parlamento Feminino da Fronteira (PFF), vereadora de Ponta Porã, Anny Espínola (PSDB), se reune com autoridades e representantes da sociedade na cidade de Amambai.

A reunião visa estender ações voltadas a defesa, proteção e amparo da mulher no interior do Mato Grosso do Sul e na região de fronteira e participaram a Vereadora Janete Córdoba presidente da Câmara, Rhaissa Siviero coordenadora políticas públicas para as mulheres de Amambai, Vereadora Cláudia Maciel, vereadora de Coronel Sapucaia, a vereadora Anny Espinola chegou a cidade acompanhada da Tenente Luzia e do Comandante Carlos Magno 4°BPM (Batalhão da Polícia Militar) de Ponta Porã.
Segundo a Vereadora Anny, o PFF visa garantir a efetiva participação das vereadoras nos órgãos e atividades legislativas; fiscalizar e acompanhar programas dos Governos Municipal e Estadual; receber denúncias de discriminação e violência contra a mulher; elaborar e executar programas de enfrentamento à violência contra mulheres e de empoderamento feminino; cooperar com organismos nacionais e internacionais na promoção dos direitos da mulher.
Anny ainda comentou sobre sua primeira visita a cidade de Porto Murtinho, onde pode apresentar PFF as autoridades no dia 13 de abril, juntamente com vereadora Fátima Vidotte (Coordenadora Adjunta do PFF), e do prefeito, Derlei Delevatti.

São 18 municípios selecionados para participar do projeto, cidades que façam divisa com Bolívia e Paraguai ou que tenham mais de 1/3 de seu território compreendido na faixa de 50km das fronteiras como: Ponta Porã, Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Tacuru, Sete Quedas, Mundo Novo, Eldorado, Japorã, Ladário, Laguna Carapã, Paranhos, Porto Murtinho, Corumbá.
As próximas cidades aonde a Vereadora Anny deve apresentar o projeto são cidades Polo/regionais como Corumbá, Bela Vista e Ponta Porã. Recebendo encontros e seminários para discussão de temas de interesse das mulheres fronteiriças, audiências públicas, debates, cursos de formação, atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, Dia Estadual de Combate ao Feminicídio, campanhas Agosto Lilás, Outubro Rosa e 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as mulheres, entre outras.
No dia 6 de Junho está marcado para acontecer em Ponta Porã a 3ª Audiência Pública, voltada ao combate ao Feminicidio, promovido pela vereadora Anny Espínola.
“Apesar das mulheres estarem ocupando mais espaços de poder e decisão nos grandes centros, nas pequenas cidades ainda é pequena a representatividade feminina, principalmente na política partidária; a criação do Parlamento Feminino da Fronteira reafirma o papel do Legislativo de debater, legislar e fiscalizar a atuação governamental em prol dos direitos humanos e da cidadania plena de todas as mulheres, formando uma rede intermunicipal de defesa e fortalecimento dos direitos das mulheres”. Finalizou Anny.
Toda iniciativa provocada ou implementada pelo Parlamento Feminino da Fronteira terá suas medidas mais fortalecidas compondo o projeto “MS Fronteiras”, com apoio do Governo do Estado.
Composição
Coordenadora – Anny Espínola (Ponta Porã)
Coordenadora adjunta – Fátima Vidotte (Porto Murtinho)
Primeira Secretária – Claudia Maciel (Coronel Sapucaia)
Segunda Secretaria – Luzia Montiel (Tacuru)

Comentário

Comentário

Veja Também

MOPC LICITARÁ VÍA EXCEPCIÓN ARREGLO DE CAMINOS EN AMAMBAY

El Ministerio de Obras Publicas respondió a la Declaración Nº 126 de la Cámara de ...