quinta-feira , 23 maio 2019
Home / Destaque / REESTRUTURAÇÃO DO CENTRO CIRÚRGICO E MUTIRÃO DE ELETIVAS AJUDARAM A OTIMIZAR FLUXO DE ATENDIMENTO DIZ ASSESSORIA DO HR

REESTRUTURAÇÃO DO CENTRO CIRÚRGICO E MUTIRÃO DE ELETIVAS AJUDARAM A OTIMIZAR FLUXO DE ATENDIMENTO DIZ ASSESSORIA DO HR

O programa de cirurgias do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), agiliza cirurgias ortopédicas dos pacientes internados na unidade. A otimização do fluxo de cirurgias foi possível através da reorganização do centro cirúrgico e do mutirão de eletivas realizado em abril, período com o qual foram operados, em média, cinco pacientes ortopédicos por dia.

“Neste mês de maio conseguimos diminuir o tempo de espera por uma cirurgia ortopédica, com isso também reduzimos o tempo de permanência do paciente na unidade hospitalar. Isso só foi possível através da aquisição dos carrinhos de anestesia, novos equipamentos, mutirão das cirurgias eletivas e da reorganização do centro cirúrgico. É uma grande conquista, pois anteriormente os pacientes aguardavam em média quatro semanas”, ressaltou o diretor técnico da unidade, Antonio Martinussi.

A equipe do centro cirúrgico é composta por 20 cirurgiões das especialidades de cirurgia geral, urológica, ortopédica, ginecológica, obstetrícia, três anestesistas e 16 profissionais de enfermagem. A unidade é gerenciada desde 29 de março pelo Instituto Acqua junto à Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Maria de Fátima Rodrigues, 43 anos, relatou que o tempo de espera pela cirurgia diminuiu em relação ao ano passado no período em que acompanhou o filho internado. “Gostaria de parabenizar a melhoria que o hospital teve no tempo de espera das cirurgias ortopédicas. Ano passado acompanhei meu filho com o braço quebrado, esperamos mais de um mês para ele realizar a cirurgia. Agora neste ano me acidentei de moto e quebrei a perna. Me surpreendi com a rapidez, pois marcaram a minha cirurgia em menos de uma semana. Assim posso voltar para casa mais rápido e cuidar dos meus filhos”, contou a paciente.

“Fui bem tratada desde a chegada ao Pronto Socorro. Prontamente me atenderam, realizaram exames e não demorou muito me encaminharam para a internação. Marcaram a minha cirurgia do braço em três dias”, disse a aposentada Dirlene Machado, 67 anos.

A unidade oferece atendimento de baixa e média complexidade nas unidades de internação (Clínica Médica, Ortopédica, Cirúrgica, Obstétrica e Pediátrica) e UTI Adulto. No Centro Cirúrgico são realizadas cirurgias de médio e pequeno porte e Pronto Atendimento em regime de livre demanda ou referenciada.

Comentário

Comentário

Veja Também

PONTAPORANENSES SÃO PRESOS PELO DOF COM QUASE DUAS TONELADAS DE MACONHA

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira apreende caminhão quase duas toneladas de maconha com ...