segunda-feira , 17 junho 2019
Home / Destaque / MISSIONARIO AMERICANO E MORTO A TIROS PROXIMO A FRONTEIRA COM O MS

MISSIONARIO AMERICANO E MORTO A TIROS PROXIMO A FRONTEIRA COM O MS

Missionário indígena americano membro do “Corpo da Paz” é morto a tiros durante suposto assalto na região de fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

O mesmo foi identificado como o missionário indígena Wayne Laroy Goddard (50), naturalizado paraguaio e residia no país a pouco mais de 25 anos, foi morto a tiros na noite de quarta-feira (10), na aldeia indígena Mboi Jagua de Villa Ygatimí, no departamento de Canindeyú, a 90 km da fronteira do Paraguai, com Paranhos, onde diretor da Polícia Nacional do Paraguai do departamento (estado) de Canindeyú, Comissário Geral Vidal Achucarro, manifestou que aproximadamente, cinco atiradores que não são indígenas, invadiram a propriedade de Wayne Laroy Goddard e o executaram a tiros supostamente a vítima teria realizado uma venda grande de lote de gado e esta seria a motivação para o roubo, mas ainda segundo o comissário de polícia, os supostos assaltantes não teriam levado nada da propriedade.

Informações indicam que, Wayn vivia sozinho na propriedade rural dentro da área da aldeia, onde realizava trabalhos missionário e criava animais. Achucarro explica que um dia antes da execução, o missionário teria vendido algumas vacas para uma pessoa que ainda não foi identificada e que entra na linha de investigação de suspeitos.

Investigadores da Divisão de Homicídios e agentes da Polícia Técnica alertados sobre o caso, chegaram a região onde desencadearam uma investigação a fim de identificar os autores do ataque e possível mandante da execução.

Comentário

Comentário

Veja Também

JOVEM MULHER E ENCONTRADA EXECUTADA A TIROS PRÓXIMO AO RODOANEL EM PONTA PORÃ

O corpo de uma jovem aparentando estar grávida foi encontrado executada a tiros em estrada ...