segunda-feira , 17 junho 2019
Home / Destaque / VEREADORES COBRAM E GOVERNO ANUNCIA AÇÕES IMEDIATAS PARA GARANTIR SEGURANÇA NA FRONTEIRA

VEREADORES COBRAM E GOVERNO ANUNCIA AÇÕES IMEDIATAS PARA GARANTIR SEGURANÇA NA FRONTEIRA

A população de Ponta Porã deve começar a se sentir mais segura a partir de agora. A garantia é do Governo do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) e foi dada durante uma reunião da alta cúpula da segurança pública estadual com os vereadores de Ponta Porã na tarde de quinta-feira, (04), durante o encontro na Câmara Municipal, onde os parlamentares cobraram ações urgentes das forças de segurança para reverter a situação preocupante.
Por mais de três horas, os vereadores reivindicaram e ouviram o posicionamento das autoridades estaduais. Elas assumiram o compromisso de enviar mais policiais para a cidade com o objetivo de desenvolver uma operação especial, sem prazo para acabar, visando coibir os crimes e proporcionar tranquilidade aos moradores da fronteira.
“Queremos paz em Ponta Porã. Queremos que as famílias da fronteira possam circular com tranquilidade, sem medo de serem assaltadas.

Os 17 vereadores unidos no objetivo de sensibilizar as autoridades estaduais para que nos atendam, providenciando as medidas para garantir segurança”, disse o presidente da Câmara Municipal, Candinho Gabínio (PSDB), durante a reunião envolvendo os vereadores e os representantes da Secretaria Estadual de Segurança Pública, articulada em conjunto com a Prefeitura. O vereador Agnaldo Miudinho (PTB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, com o apoio dos demais colegas, entrou em contato com o senador Nelsinho Trad que fez um pedido especial ao governador Reinaldo Azambuja que determinou a vinda da cúpula da SEJUSP para debater o tema com os parlamentares.
“Nossa avaliação é positiva pois obtivemos a garantia de que a polícia estará nas ruas de Ponta Porã. Isso vai reduzir a criminalidade, dando paz e tranquilidade à população”, disse Miudinho. 
Estiveram presentes na reunião o tenente coronel Carlos Magno, comandante do 4 Batalhão da PM, Marcos Paulo Gimenez, diretor do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Kleber Haddad Lane, superintendente de Segurança Pública da SEJUSP, Coronel Givaldo Mendes de Oliveira, comandante do Policiamento da Área 1, Delegado Ivan Barreira, do Departamento de Polícia do Interior, Dr. Alberto Vieira Rossi, coordenador de políticas do interior, o Diretor do Sistema Prisional de Ponta Porã Carlos Jardim, Dr. Clemyr Vieira, delegado regional de Polícia Civil que esteve acompanhado do delegado Dr. Mikail Farias. O Executivo Municipal foi representado pelo secretário municipal de Segurança Pública, Marcelino Nunes de Oliveira. Também estiveram presentes vereadores de municípios vizinhos como Bela Vista e Aral Moreira.
No encontro os vereadores entregaram a “Carta de Ponta Porã”, documento contendo reivindicações para o município. Nela, os parlamentares expõem a situação preocupante vivida pela população fronteiriça que clama por segurança, apavorada pela onda de crimes, especialmente assaltos em plena luz do dia. Dentre as medidas solicitadas está o aumento do efetivo das forças policiais. Apenas a PM precisa de pelo menos mais 300 homens para combater o crime na região. Também aumento do efetivo da Polícia Civil e investimento na melhoria das condições de trabalhos dos policiais. Outro pedido é pela criação da Polícia Integrada de Fronteira com ações conjuntas entre as forças que atuam na região.
A Carta, assinada pelos 17 vereadores, aponta que uma das maiores necessidades, no entendimento dos parlamentares, é de investimento forte na estrutura das polícias. Uma das providências urgentes seria o envio de mais viaturas. Hoje a Polícia Militar tem apenas dois veículos adequados que raramente são utilizados em patrulhamento no centro e nos bairros, porque são deslocados para transporte e escolta de presos.

Comentário

Comentário

Veja Também

JOVEM MULHER E ENCONTRADA EXECUTADA A TIROS PRÓXIMO AO RODOANEL EM PONTA PORÃ

O corpo de uma jovem aparentando estar grávida foi encontrado executada a tiros em estrada ...