sexta-feira , 24 janeiro 2020
Home / Destaque / DOIS ACABAM PRESOS NA FRONTEIRA COM O MS COM MAIS DE TRÊS TONELADAS DE MACONHA

DOIS ACABAM PRESOS NA FRONTEIRA COM O MS COM MAIS DE TRÊS TONELADAS DE MACONHA

Durante investigação dois acabam presos com mais de três toneladas de maconha na fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul por investigadores da Direção de Investigações de Casos Puníveis com apoio da Narcótica na fronteira.

Os mesmos foram identificados como os paraguaios, Ignacio Enriquez Cardozo e David Garcete Sanchez, presos em uma chácara situada próximo a cidade paraguaia de Zanja Pytã a 15 kilomteros de Ponta Porã, onde na madrugada de quarta feira (27) após um trabalho de inteligência investigadores da Direção de Investigações de Casos Puníveis, coordenado pelo comissario Rafael Gonzalez e da Narcótica, coordenado pelo comissário Rutilio Ramirez apoiados pelo promotor de justiça Armando Cantero, a fim de realizar busca e apreensão quando encontraram 10 hectares de plantío de Maconha e 120 bolsas de maconha que após pesados totalizou 3.600 kilos da droga pronto para ser preparada para a comercialização, uma pistola do calibre 9mm, uma caminhonete da marca Mitsubishi, duas motocicletas e aparelhos de celulares que se encontravam nos seis acampamentos precários utilizados pelo narcotráfico na região, que por ordem do promotor de justiça foram queimados, já os presos juntamente com os veículos e outras evidências foram encaminhadas a sede do Ministério Público na cidade de Pedro Juan Caballero.

Segundo informações, o operativo logrou identificar os financiadores das plantações de maconha na região e que teriam possíveis ligações com o crime organizado que atua nesta parte da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

Comentário

Comentário

Veja Também

PEQUENOS PROVEDORES GANHAM ESPAÇO NO MERCADO DE TELECOM E ENTRAM NA MIRA DE GRANDES INVESTIDORES

Um dos segmentos que mais tem crescido dentro do mercado de telecomunicações é, sem dúvida, ...