domingo , 21 abril 2019
Home / Destaque / MANIFESTAÇÃO POR MORTE VIOLENTA DE MÉDICO CRUZA A FRONTEIRA E POPULAÇÃO COBRA POSICIONAMENTO DAS AUTORIDADES NA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA

MANIFESTAÇÃO POR MORTE VIOLENTA DE MÉDICO CRUZA A FRONTEIRA E POPULAÇÃO COBRA POSICIONAMENTO DAS AUTORIDADES NA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA

Autoridades e universitários marcham de branco com balões pela paz na fronteira e cobram elucidação do assassinato de diretor acadêmico na fronteira.

O assassinato do medico diretor acadêmico Sandro Arredondo Lugo, na tarde da última quarta feira em uma pista de Motocross situada entre as cidades paraguaias de Pedro Juan Caballero e Zanja Pytã levou às ruas milhares de universitários que foram acompanhados por autoridades paraguaias do ponto turístico denominado “Laguna Punta Porã” situado na cidade de Pedro Juan Caballero ate o memorial “Pax Primavera” situada na cidade de Ponta Porã, onde o diretor Karlos Bernardo da UCP (Universidade Central del Paraguay) fez uma emotiva homenagem ao falecido diretor acadêmico e cobrou das autoridades uma maior segurança na região de fronteira, o Governador de Amambay. Ronald Acevedo (PLRA), acompanhado da primeira dama do estado criticou a situação atual da segurança pública na região que segundo ele foi esquecida pelas autoridades nacionais do Paraguai, “Amambay se encontra a mercê do crime organizado e o governo nacional tem conhecimento disto, pois em cada reunião com os mesmos e o ministro do interior cobramos um maior número de policiais para dar segurança a população, mas continuamos esquecidos” disse Ronald Acevedo.

a sociedade fronteiriça cobra uma rápida elucidação sobre a morte violenta do médico diretor acadêmico que acabou baleado durante um ataque de pistoleiros na pista de Motocross, onde o alvo, segundo os investigadores da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero, seria o piloto Fernando Olmedo Calonga e seus seguranças, onde um dos segurança acabou morto a tiros e Fernando Olmedo e um dos seguranças com ferimentos sem gravidade.

Já o médico que se encontrava no local assistindo o treino de seu filho acabou baleado e morreu ao dar entrada em uma clínica particular da cidade de Pedro Juan Caballero ao não resistir os ferimentos, a morte do mesmo chocou a população que relacionou de forma imediata e cobrou das autoridades policiais do Paraguai a prisão dos autores e a elucidação do crime, que ceifou a vida de um renomado e conhecido médico da cidade, autoridades políticas manifestaram a onda de insegurança na região de fronteira e cobraram um posicionamento dos altos chefes policiais no combate a criminais que atuam a qualquer hora do dia ou da noite na região.

Veja o caso http://poranews.com/?p=36936

                   http://poranews.com/?p=36945

Comentário

Comentário

Veja Também

PMR APREENDE CARGA DE MACONHA NA MS 156 E ENCAMINHA DOIS A DELEGACIA DE POLÍCIA

Policiais Militares Rodoviários da Base Operacional de Amambai realizavam patrulhamento na MS 156, quando por ...