terça-feira , 23 julho 2019
Home / Esportes / 2ª CORRIDA PELA SAÚDE DA MULHER E MARCADA COM VÁRIAS AÇÕES EM PONTA PORÃ

2ª CORRIDA PELA SAÚDE DA MULHER E MARCADA COM VÁRIAS AÇÕES EM PONTA PORÃ

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres de Ponta Porã, realizou na tarde de domingo (24), o 2º Festival de Talentos Feminos e a 2º Corrida pela saúde da mulher. O evento faz parte do cronograma de ações realizadas no mês de março, alusivos ao dia da mulher.  Além de apresentações de canto e dança, a tarde contou com tendas de atendimentos para mulheres em várias áreas e brinquedos para o lazer das crianças.

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Assistência Social, realizou durante todo mês de março, uma ampla e diversificada programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher, com atividades como palestras, passeata visando conscientizar quanto aos direitos da Mulher. Uma das ações foi a 3ª Caminhada pelo fim da Violência contra a Mulher. A Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres desenvolveu programação de forma a mobilizar as ações visando fortalecer a política direcionada às mulheres em todos os setores. A agenda acontece durante todo o mês.

Foi levada ação social na Aldeia Lima Campo marcando a abertura das atividades a serem desenvolvidas. Equipes das secretarias levaram atendimento especial, com a presença da primeira-dama do município, senhora Vânia Peluffo.  Na aldeia Lima Campo, a comunidade recebeu atendimentos diversos, principalmente na área de saúde, dando continuidade ao trabalho já desenvolvido pela administração do prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB).

A 2ª Corrida pela Saúde da Mulher, foi realizada no Parque nos Ervais. O 2º Festival de Talentos Femininos aconteceu também no Parque dos Ervais, com tendas de estética, saúde da mulher e apresentações diversas. Paralelo a essa programação, aconteceu rodas de conversas com mulheres, sendo no distrito de Sanga Puitã, distrito de Nova Itamarati, CRAS Salgado Filho e reunião no CRAS Marambaia.

O dia 8 de março é o resultado de uma série de fatos, lutas e reivindicações das mulheres (principalmente nos EUA e Europa) por melhores condições de trabalho e direitos sociais e políticos, que tiveram início na segunda metade do século XIX e se estenderam até as primeiras décadas do XX.

No dia 8 de março de 1857, trabalhadores de uma indústria têxtil de Nova Iorque fizerem greve por melhores condições de trabalho e igualdades de direitos trabalhistas para as mulheres. O movimento foi reprimido com violência pela polícia.

Em 8 de março de 1908, trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e fim do trabalho infantil. Este movimento também foi reprimido pela polícia.

No dia 25 de março de 1911, cerca de 145 trabalhadores (maioria mulheres) morreram queimados num incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. As mortes ocorreram em função das precárias condições de segurança no local. Como reação, o fato trágico provocou várias mudanças nas leis trabalhistas e de segurança de trabalho, gerando melhores condições para os trabalhadores norte-americanos.

A Secretária de Assistência Social, Vera Lúcia de Oliveira agradeceu o prefeito Hélio Peluffo pelo constante apoio às atividades e a toda equipe empenhada na realização da programação.

Comentário

Comentário

Veja Também

PONTA PORÃ SEDIA SUPERLIGA DE VOLEIBOL ADAPTADO DA MELHOR IDADE

A secretaria municipal de Assistência Social e da Fundação de Cultura e Esportes (Funcespp), realizam ...