domingo , 21 abril 2019
Home / Destaque / CHEFE POLICIAL DIZ EXISTIR EVIDÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO DE POLICIAIS EM EXECUÇÃO OCORRIDO EM CASA DE CARNE NA FRONTEIRA

CHEFE POLICIAL DIZ EXISTIR EVIDÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO DE POLICIAIS EM EXECUÇÃO OCORRIDO EM CASA DE CARNE NA FRONTEIRA

Executado em casa de carne teria sido informante da policia situação que teria motivado a execução do mesmo diz chefe da Divisão de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai.

A execução do paraguaio, Juan Ignacio Garcia Arias (37) na manha de terça feira (19) por volta das 11:20hs, quando se encontrava tomando Tereré no interior da casa de carne situado no bairro Jardim Aurora na cidade de Pedro Juan Caballero, onde teriam chegado os pistoleiros a bordo de uma motocicleta e sem mediar palavras realizou 13 disparos de pistola do calibre 9mm contra a vitima que faleceu antes mesmos de receber auxílio médico, segundo as primeiras informações seria em razão de que a vítima se dedicava ao serviço de informante de uma unidade da polícia paraguaia.

As informações teriam chegado às mãos do comissário Rafael Gonzalez, chefe da Divisão de investigações de Casos Puníveis, com a apreensão do aparelho de celular da vítima, onde, segundo o chefe de investigações, está demonstrada que a vítima mantinha contato direto com alguns investigadores da polícia e plantadores de maconha na região de fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, o chefe de investigações, não descarta que a vitima tenha sido vendido pelos investigadores com quem colaborava, já que os pistoleiros sabiam da hora e o lugar onde o mesmo se encontrava minutos antes de sua execução, se suspeita ainda que o mesmo teria sido vendido por uns dez mil dólares americanos, ainda segundo o chefe da divisão de investigações da polícia, as investigações se encontram em estado avançado e nas próximas horas já haveria prisão do mandante, dos pistoleiros e os investigadores ja estariam identificados.

As declarações do comissário Gonzalez, mexeu com a cúpula de investigadores da polícia na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero que pode desencadear na prisão dos policiais envolvidos na execução da vitima na manha de terça feira quando este esperava na casa de carne por uma reunião com os policiais, onde chegaram os pistoleiros e o executaram com 13 disparos de pistola do calibre 9mm e posteriormente fugiram tomando rumo ignorado.

Veja o caso http://poranews.com/?p=36711

Comentário

Comentário

Veja Também

PMR APREENDE CARGA DE MACONHA NA MS 156 E ENCAMINHA DOIS A DELEGACIA DE POLÍCIA

Policiais Militares Rodoviários da Base Operacional de Amambai realizavam patrulhamento na MS 156, quando por ...