domingo , 21 abril 2019
Home / Destaque / POLICIA CIVIL DEFLAGRA “OPERAÇÃO SOCIAL” CONTRA O NARCOTRÁFICO NA REGIÃO DE FRONTEIRA

POLICIA CIVIL DEFLAGRA “OPERAÇÃO SOCIAL” CONTRA O NARCOTRÁFICO NA REGIÃO DE FRONTEIRA

A Polícia Civil de Porto Murtinho, com o apoio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira(Defron), das polícias civis de Bonito e DAM Jardim e do DENAR, deflagrou na manhã de terça-feira (19) a segunda fase da Operação Social, que investiga uma associação criminosa formada por cerca de 20 pessoas responsáveis pelo tráfico de drogas na região. Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão e três de buscas e
apreensão simultaneamente nas cidades de Porto Murtinho e Campo Grande.

As investigações se iniciaram a partir de uma de denúncia anônima com a informação de que traficantes estavam promovendo festas, apelidadas de “Social”, para venda de drogas. Após a realização de algumas diligências, o
delegado responsável pela investigação, João Cleber Dorneles, representou pela prisão preventiva de quatro envolvidos. No dia 9 de fevereiro, foi realizada a primeira fase da operação, que prendeu quatro traficantes e cumpriu dois mandados de busca e apreensão.

A associação criminosa era dividida em dois grupos, um responsável por traficar maconha e a outra, cocaína. A maconha era transportada de Bela Vista Norte (Paraguai) para cidade de Porto Murtinho e o grupo distribuía a droga para diversos pontos de venda na cidade. O mesmo grupo criminoso furtou de uma camionete da IAGRO em dezembro de 2018 e o veículo foi trocado por 100 Kilos de maconha em Bela Vista Norte.

A cocaína era trazida de Campo Grande e igualmente distribuída em pontos de venda de Porto Murtinho. A segunda fase da operação prende seis traficantes em Porto Murtinho e o fornecedor da cocaína, em Campo Grande, além de realizar outros três flagrantes. O delegado explicou que o combate ao tráfico de drogas era um anseio da sociedade murtinhense. “Os envolvidos com o tráfico de drogas eram responsáveis por cometer outros crimes na cidade”, esclareceu Dorneles. “Durante as tais festas sociais, além do consumo excessivo de maconha e cocaína, era fornecido bebida alcohólica para menores”, completou o delegado.

Fonte Edicarlos Oliveira

Comentário

Comentário

Veja Também

PMR APREENDE CARGA DE MACONHA NA MS 156 E ENCAMINHA DOIS A DELEGACIA DE POLÍCIA

Policiais Militares Rodoviários da Base Operacional de Amambai realizavam patrulhamento na MS 156, quando por ...