sexta-feira , 19 abril 2019
Home / Destaque / ADOLESCENTE DE 15 ANOS E ENCAMINHADO A DELEGACIA DE POLÍCIA APÓS AMEAÇAR ATAQUE A ESCOLA NO INTERIOR DO MS

ADOLESCENTE DE 15 ANOS E ENCAMINHADO A DELEGACIA DE POLÍCIA APÓS AMEAÇAR ATAQUE A ESCOLA NO INTERIOR DO MS

Um adolescente de 15 anos foi encaminhado a delegacia de polícia na segunda-feira (18) após ameaçar atacar uma escola pública localizada no Centro de Terenos, cidade distante cerca de 32 km de Campo Grande. Na ameaça, ele dizia que iria fazer o mesmo massacre que ocorreu em uma escola de Suzano (SP), onde oito pessoas inocentes morreram.

De acordo com as informações da Polícia Civil, as mensagens tomaram proporção na cidade, após o menino fazer publicações em grupos de WhatsApp. “Ele postou fotos de armas, com mensagens insinuando que faria um ataque”, explicou o delegado André Mendonça.

A Polícia Militar e a Polícia Civil foram até a casa do suspeito. Assustada, a mãe do menino recebeu a polícia e informou não ter conhecimento das mensagens e nem que o filho teria armas. “Tudo indica que não passou de uma brincadeira de mal gosto”, afirmou o delegado.

A Polícia Civil ainda informou que as fotos das armas foram retiradas da internet. Celular, pendrive e computador do adolescente também passarão por perícia para confirmar se o caso se trata mesmo de uma brincadeira.

Massacre em Suzano

Um adolescente e um homem encapuzados atacaram a Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na manhã da última quarta-feira (13) e mataram sete pessoas, sendo cinco alunos e duas funcionárias do colégio. Em seguida, um dos assassinos atirou no comparsa e, então, se suicidou.

Pouco antes do massacre, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 – ex-alunos do colégio Raul Brasil, mataram o proprietário de uma loja da região.

Fonte www.midiamax.com.br

Comentário

Comentário

Veja Também

POLÍCIA MILITAR RECUPERA NA FRONTEIRA ROUBADO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO “LEGALIZADA” NO PARAGUAI

Durante ação de abordagens a indivíduos em atitude suspeita Polícia Militar recupera próxima a fronteira ...