terça-feira , 15 outubro 2019
Home / Destaque / MÉDICO ACUSADO DE SUPOSTA AGRESSÃO NA FRONTEIRA REALIZA COMUNICADO A OPINIÃO PUBLICA

MÉDICO ACUSADO DE SUPOSTA AGRESSÃO NA FRONTEIRA REALIZA COMUNICADO A OPINIÃO PUBLICA

Médico e professor universitário realiza comunicado a opinião pública após ser acusado de suposta agressão na fronteira.

O médico Aldo Ruben Zaracho, após ser acusado de uma suposta agressão a uma estudante universitária na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, realizou um comunicado a opinião pública no final da tarde de quarta feira (13) onde diz que deixará a investigação a cargo da justiça, pois esta ciente que não cometeu nenhum caso punível conforme se poderá observas quando termine as investigações, diz ainda que deixa o caso na mão de Deus ao estar seguro de não haver causado danos a alguém e que seguira atuando como um jovem profissional medico que esta abrindo caminhos através do trabalho junto a comunidade, consciente de que deve enfrentar este tipo de obstáculo que servem apenas para conhecer a natureza mediocre de alguns seres humanos e para aprender a conviver e aprender deles.

Em outro trecho o jovem médico, pede a paciência a sua comunidade e que não o julguem tendo em base as falsas acusações, pois estas tem o único objetivo de causar estragos a imagem de um bom homem e a de um profissional em medicina e pede que a justiça do homem busque a verdade e que a divina mostré só a verdade.

Veja o comunicado na integra.

Veja o caso http://poranews.com/?p=36532

 

Comentário

Comentário

Veja Também

FORAGIDO DA JUSTIÇA DE PERNAMBUCO E PRESO NA FRONTEIRA COM O PARAGUAI

O caso foi registrado durante a “Operação Hórus”, desencadeada pela SEJUSP/MS e pela Secretaria Nacional ...