sexta-feira , 24 maio 2019
Home / Entretenimento / CENTENÁRIO DO “ONZE” REGIMENTO DE CAVALARIA MECANIZADO MOVIMENTA O BRASIL

CENTENÁRIO DO “ONZE” REGIMENTO DE CAVALARIA MECANIZADO MOVIMENTA O BRASIL

Banners, placas, cartazes, camisetas, bonés, showrooms, até escolher o nome da prova hípica que vai reunir conjuntos de cavalo e cavaleiro, vindos de diferentes partes do Brasil. Estas são algumas das opções que os patrocinadores de um evento único e exclusivo terão de entrar para a história, registrando sua marca, imagem e o seu produto em oportunidades oferecidas por uma extensa programação, que começou em janeiro e vai se estender até dezembro deste ano: é o aniversário de 100 anos do glorioso 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado, o popular “Onze”, ou, ainda, o Regimento Marechal Dutra.

DO PRIMEIRO TIJOLO À BAIONETA

Tudo isso porque no dia 11 de dezembro de 1919, através do Decreto Nº 13.916, o então Presidente da República, Epitácio Pessoa, criou o 11º Regimento de Cavalaria Independente (11º RCI), sendo construído a partir de 1921, em Ponta Porã, num terreno doado ao Exército pela Companhia Erva Matte Laranjeira.

Sua missão era proteger a fronteira oeste do Brasil. Segundo Acyr Vaz Guimarães, em seu livro “História dos Municípios (1992)”, Pandiá Calógeras naquela época ministro da guerra, nomeou como diretor de engenharia da construção da organização militar, o major Cândido Rondon, que já estivera em 1905 em Ponta Porã, ficando esse encarregado pela construção do quartel em 1921.

Durante a 2ª Guerra Mundial, foram enviados aos campos de batalha da Itália, três contingentes do Regimento para incorporarem a Força Expedicionária Brasileira (FEB), integrando a missão vitoriosa dos “pracinhas tupiniquins”.

Após a guerra, no ano de 1946, a unidade passou a ser designada como 11º Regimento de Cavalaria (o Onze RC). A atual designação, 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado (11º RC Mec) ocorreu a partir de 1985, quando a organização militar deixou de ser hipomóvel e passou a ser mecanizada. Um outro fato marcante da unidade foi o recebimento da denominação histórica de “Regimento Marechal Dutra”, no ano de 1991, como justa homenagem ao Marechal Eurico Gaspar Dutra, ex-presidente da República, e que comandou, como tenente-coronel, o 11º RCI no período de dezembro de 1930 à julho de 1932.

CALENDÁRIO DE EVENTOS

A programação alusiva a este momento singular já começou. Acompanhe: Concurso para escolha do Logotipo do Centenário – 11 Jan; Edição do Selo Comemorativo ao Centenário – 11 Fev; Prova de Tiro Prático – 11 Mar; Lançamento do Medalhão dos 100 Anos – 11 Abr; Exposição de fotos históricas – 10 e 11 Mai; Temporada Hípica do Onze – 10, 11 e 12 Mai; Lançamento do  Livro dos 100 Anos do 11º RC Mec – 11 Jun; Torneio de Pólo do Centenário – 11 a 14 Jul; Edição dos novos vídeos: Institucional e Histórico do “Onze” – 11 Jul; Costelada do Dia dos Pais e do Centenário do Onze – 11 Ago; Corrida Rústica e Gincana Escolar – 25 Ago; Jantar-baile da Independência e do Centenário – 7 Set; Cavalgada – 11 Out; Torneio de Futebol 7 – 11 Nov; Prova Hípica Noturna – 10 Dez; Formatura do Centenário e Homenagem aos Ex-Comandantes – 11 Dez.

PATROCÍNIO

Em cada uma dessas oportunidades e com diferentes formas de divulgar o que for do seu interesse, os patrocinadores terão o privilégio de fazer parte da história, além de ter a chance de anunciar sua marca e os seus produtos em mídias escritas, faladas, televisionadas e digitais (sites e redes sociais) de toda a fronteira (incluindo municípios vizinhos e o Paraguai), além de Dourados, Campo Grande e de diferentes e inomináveis rincões brasileiros, cujos atletas estarão fazendo parte das atividades esportivas que integram a programação.

Para dar o “start” de todo este processo de contato, fornecimento de informações e celebração de eventuais participações publicitárias, o comandante do 11º RC Mec, tenente-coronel de Cavalaria Carlos André Maciel Levy esteve reunido, esta semana, com a presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (ACEPP), Fabricia Dias (que esteve acompanhar pelo marido, Eribelton Freitas), para apresentar o projeto e agilizar um encontro que permitirá que comerciantes, empresários, profissionais liberais e gestores de órgãos públicos conheçam todo o cronograma e as possibilidades de fazer parte dessa história.

Participaram do encontro, além do comandante e do casal convidado, o subcomandante, major Antônio Augusto Dutra da Silva, o oficial adjunto de Comando, subtenente José Ricardo Dias Borda, o chefe da 3ª Seção e organizador da programação, capitão Felipe Matos Badu, e o chefe da Seção de Comunicação Social, subtenente Jackson Meira Lobato. A data, horário e local desse evento serão amplamente divulgados em tempo hábil. Todavia, quem chegar primeiro certamente ocupará os melhores espaços. Por isso, contatos podem ser mantidos desde já, com o oficial responsável pela organização de toda a programação: capitão Felipe Matos Badu diretamente no quartel do “Onze”. Fonte assessoria

Comentário

Comentário

Veja Também

CIRCUITO CINEMAS ESTREIA “UGLY DOLLS FILM” UM FILME PARA A FAMILIA FRONTEIRIÇA

Circuito Cinemas traz a Ponta Porã e a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, em ...