quarta-feira , 19 junho 2019
Home / Destaque / SUPOSTO LÍDER DE FACÇÃO CRIMINOSA BRASILEIRA E PRESO NA FRONTEIRA COM O MS

SUPOSTO LÍDER DE FACÇÃO CRIMINOSA BRASILEIRA E PRESO NA FRONTEIRA COM O MS

Suposto líder de facção criminosa foragido da justiça brasileira e preso próximo a fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul.

O mesmo foi identificado como, Raphael Costa Sampaio (30), suposto líder da facção criminosa brasileira PCC (Primeiro Comando da Capital) que na tarde de segunda feira (25) por volta das 16:30hs, transitava a bordo de uma motocicleta da marca Yamaha, cor branca, placa BUG 879 Paraguai, pela rua da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, onde investigadores da Direção de Investigações de Casos Puníveis da Polícia Nacional do Paraguai, tinha detectado a presença do mesmo após receber informações das autoridades brasileiras.

Raphael no momento da prisão se encontrava utilizando documentações em nome de Emerson de Oliveira Inácio, pela que foi encaminhado a sede policial, onde foi constatado pelos agentes da Interpol o verdadeiro nome e que contava com ordem de captura pela justiça brasileira, o caso foi comunicado as autoridades brasileiras e ao Ministério Público de Pedro Juan Caballero que autuou pelos casos de produção de documentação falsa e transgressão a Lei migratório pela que após o cumprimento dos trâmites pertinentes deverá ser expulso do país e entregue às autoridades brasileiras no marco de cooperação conjunta das policiais na regiões de fronteira.

Segundo o subcomissário de polícia,  Abelardo Acosta, a presença de Raphael Sampaio já tinha sido detectada na região de fronteira pelos serviços de inteligência que receberam informações das autoridades brasileiras e passaram a realizar buscas pelo mesmo, quando na tarde de segunda feira foi visualizado o mesmo transitando pelas ruas da cidade em uma motocicleta que foi abordado e encaminhado a sede policial, onde foi confirmada a verdadeira identidade do brasileiro que teria fugido de um centro penitenciário brasileiro e desde então passou a viver em território paraguaio.

Comentário

Comentário

Veja Também

CÂMARA APROVA PROJETO AUTORIZANDO INVESTIMENTO SUPERIOR A 100 MILHÕES EM PONTA PORÃ

A Câmara Municipal de Ponta Porã aprovou na tarde de terça-feira, 18 de junho, um ...