terça-feira , 15 outubro 2019
Home / Geral / SINDICATO DA GCMFRON BUSCA DAR MAIOR QUALIDADE DE VIDA A FAMILIAS DE ESCASOS RECURSOS ECONÓMICOS EM PONTA PORÃ

SINDICATO DA GCMFRON BUSCA DAR MAIOR QUALIDADE DE VIDA A FAMILIAS DE ESCASOS RECURSOS ECONÓMICOS EM PONTA PORÃ

Sindicato da Guarda Municipal faz doações de cestas básicas para famílias de escassos recursos econômicos na cidade de Ponta Porã.

Uma das beneficiadas foi uma vítima de assalto na região do bairro noroeste, a mesma ao perder sua motocicleta e toda a sua documentação, começou a passar por dificuldades, já que a motinha era seu meio de transporte para realizar seu trabalho, tendo em vista a necessidade da mesma, a diretoria do Sindicato da Guarda Municipal decidiram levar apoio a mesma, que agradeceu a corporação e aos diretores do sindicato.

Outra família contemplada com a cesta básica foi à mãe de uma criança com necessidades especiais que mora no bairro Bosque Carandá que se encontro com seu filho 24 horas em cama e que necessita o apoio da população pontaporanense, razão pela que a mesma recebeu o apoio dos diretores do Sindicato da Guarda Municipal de Ponta Porã, a mesma agradeceu o gesto dos guardas civis municipais, que tem buscado melhorar a qualidade de vida de pessoas de escassos recursos econômicos.

Nos últimos anos a Guarda Civil Municipal de Fronteira tem se destacado com um resultado altamente positiva no combate a delinquência na região de fronteira, onde o Sindicato dos mesmos tem realizado varias ações sociais que tem beneficiado varias famílias carentes da cidade pela que ganhou o apoio da população ao se tornar uma força de segurança publica de proximidade com a população.

Segundo o presidente da entidade, Manuel Antunes, manifestou que as doações se fazem possível às famílias, graças a doações realizadas pelos guardas civis municipais sindicalizados, que não medem esforço para ajudar a aquelas famílias necessitadas.

Comentário

Comentário

Veja Também

TJ NEGA RECURSO DE PREFEITO DO INTERIOR DO MS CONDENADO À PERDA DA FUNÇÃO PÚBLICA POR IMPROBIDADE

A 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou ...