domingo , 26 maio 2019
Home / Destaque / “OPERAÇÃO FRONTEIRA SEGURA” UNE FORÇAS FEDERAIS E ESTADUAIS NO COMBATE AO CRIME NA FRONTEIRA

“OPERAÇÃO FRONTEIRA SEGURA” UNE FORÇAS FEDERAIS E ESTADUAIS NO COMBATE AO CRIME NA FRONTEIRA

Policiais Rodoviários Federais e homens do Exército começam na tarde de terça feira (05) a integrar a Operação Fronteira Segura, iniciada no dia 18 de janeiro pela Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) em Ponta Porã na fronteira com o Paraguai.

Desencadeada com o objetivo de reforçar a segurança da região de fronteira com o Paraguai, a operação contou só com a participação das polícias estaduais na primeira fase, mas nesta terça-feira recebeu reforço federal, a ampliação foi decidida ontem durante reunião coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras e Divisas da Sejusp. Guarda Municipal de Ponta Porã também entrou na operação.

Durante o desenvolvimento das operações na região de fronteira, o diretor da Polícia Nacional paraguaia comisario Victor Rivas, prometeu reforçar as ações nas cidades paraguaias de fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, o coordenador da operação, coronel Edimilson de Oliveira Ribeiro, disse que a união de esforços visa manter a ordem na região de fronteira, onde as forças policiais traçaram estratégias para esta segunda etapa da operação, uma vez que as ações serão intensificadas por tempo indeterminado.

Segundo o coronel Edimilson, as ações foi uma missão dada pelo secretário Antônio Carlos Videira e até agora os resultados foram positivos. “Nosso foco a partir desta terça-feira contempla a união das forças de segurança dos três entes federativos para atividades em Ponta Porã e cidades circunvizinhas, com ações de saturação, prevenção e de repressão ao crime organizado e transfronteiriços”, disse Edimilson de Oliveira.

Comentário

Comentário

Veja Também

AÇÃO CONJUNTA DOF E POLÍCIA MILITAR NA REGIÃO DE PONTA PORÃ APREENDE PRODUTOS DE CONTRABANDO

O fato foi registrado na manhã de sexta-feira (24) quando Policiais Militares do Assentamento Itamarati foram acionados ...