quinta-feira , 14 novembro 2019
Home / Destaque / MULHER BEIJA OUTRO HOMEM SUPOSTAMENTE NA FRENTE DE COMPANHEIRO SENTIMENTAL E ACABA ATROPELADA VIOLENTAMENTE NO INTERIOR DO MS

MULHER BEIJA OUTRO HOMEM SUPOSTAMENTE NA FRENTE DE COMPANHEIRO SENTIMENTAL E ACABA ATROPELADA VIOLENTAMENTE NO INTERIOR DO MS

Após decidir supostamente beijar outro homem na frente de companheiro sentimental, mulher e atropelada violentamente por veiculo conduzido pelo companheiro na cidade de Porto Murtinho.

O autor foi identificado como, Valentim Guerreiro Neto (27) foi acusado de ter atropelado a companheira sentimental na madrugada de terça feira (25) por volta das 04:00hs, quando esta se encontrava em frente a um clube em companhia do o autor esta teria atuado de forma desrespeitosa e o autor inconformado teria atropelado a vítima que sofreu várias fraturas e foi socorrida ao hospital da cidade de onde deverá ser encaminhada a um hospital da cidade de Campo Grande devido a gravidade da situação de saúde da vítima.

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil investiga o caso que foi registrado pelas autoridades policiais como, Lesão Corporal Dolosa, Omissão de Socorro e acidente de transito, segundo informações, o autor estava proibido de se aproximar da vítima por uma medida protetiva, mas tal medida foi retirada pela propria vitima que teria voltado a manter relação sentimental com o autor e horas antes do ocorrido, a vitima  junto com o autor teria utilizado as redes sociais, onde publicaram várias fotos com declarações amorosas pela que os amigos não entenderam o ocorrido que poderia culminar em mais um crime de tentativa de feminicidio no interior do estado do Mato Grosso do Sul.

Já o autor manifesta em sua defesa que foi com a companheira até o clube onde a mesma subiu em um veiculo e beijou um homem, razão pela que acabou atropelando a vitima.

Comentário

Comentário

Veja Também

PRISÃO DE POLICIAL INOCENTE COLOCA EM XEQUE OPERAÇÃO QUE LEVOU À PRISÃO AGENTES DA POLÍCIA NACIONAL DO PARAGUAI NA FRONTEIRA

Investigação equivocada leva a prisão comissário de policia inocente em caso de proteção a traficantes ...