sexta-feira , 14 dezembro 2018
Home / Educação / ESCOLAS MUNICIPAIS DE PONTA PORÃ APRESENTARAM PAINÉIS E TRABALHOS DURANTE O “FESTIVAL CULTURAL PELA PAZ”

ESCOLAS MUNICIPAIS DE PONTA PORÃ APRESENTARAM PAINÉIS E TRABALHOS DURANTE O “FESTIVAL CULTURAL PELA PAZ”

A secretaria municipal de Educação de Ponta Porã, realiza na quinta-feira (29), o “Festival Cultural pela Paz”, marcando o encerramento das ações desencadeadas durante todo o ano visando propagar e fortalecer a paz na Rede Municipal de Ensino (REME). Escolas municipais apresentaram painéis e trabalhos tendo como tema principal a paz entre os povos visando melhorar o ambiente interno e o bom atendimento à população, tendo sido desenvolvido em todas as secretarias.

O Festival foi aberto com ato ecumênico pelo pastor Ébano Buscaratto, enfatizando que o projeto pela paz é amplo “na realidade é um projeto de vida, contemplando ações positivas de transformação em cada um de nós”.

O prefeito Hélio Peluffo Filho (PSDB) destacou a dedicação e o empenho de todos envolvidos nas várias etapas de execução, enaltecendo o papel da primeira-dama Vânia Peluffo ao apresentar e aglutinar forças e apoio para que as propostas saíssem do papel, ganhando uma dimensão de destaque em toda a Rede Municipal de Ensino e no Poder Executivo, já que as atividades foram ampliadas.

A ação pela Paz é lei municipal. A Prefeitura de Ponta Porã implantou o projeto no início deste ano no âmbito das escolas municipais e estendeu às demais Secretarias o projeto “Cultura da Paz” visando elevar a qualidade do relacionamento entre as pessoas, melhorar o ambiente de trabalho e, principalmente, um atendimento mais eficiente à população usuária dos serviços municipais.

A coordenadora do projeto, Suely Buriasco enfatizou a importância do trabalho realizado dentro da proposta apresentada pela primeira-dama, Vânia Peluffo, ganhando dimensão maior do que o esperado e projetado no ato de lançamento e apresentação, em fevereiro passado.

Ela especificou que na prática, a lei proposta pelo Poder Executivo e aprovada pelo Legislativo cria os mecanismos necessários para que as escolas possam promover medidas de prevenção e combate a todos os tipos de violência, especialmente a intimidação sistemática (bullying), estabelecendo ações destinadas a promover a Cultura da Paz nas Escolas, com a realização de projetos específicos para este fim.

A professora Leny Klais, secretária de Educação, enfatizou que inicialmente o projeto foi proposto através da implantação da cultura da paz, com um conjunto de palestras, oficinas, dinâmicas e atividades que fortalecem um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados no respeito à vida, capaz de promover o fim da violência e a prática da não violência, por meio da educação, do diálogo e da cooperação.

A iniciativa recomendada pela ONU – Organização das Nações Unidas, que defende que a escola é um importante instrumento para disseminar a Cultura da Paz entre os povos. Durante todo o dia, apresentações culturais, painéis temáticos teatro e outras diversas atividades fizeram parte do cenário do IV Festival Cultural pela Paz.

Comentário

Comentário

Veja Também

EVENTO “TODAS DE UMA VEZ” MOVIMENTA A FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAI

A maior organização de artistas plásticos da fronteira Fitta´s Ateliê e o Projeto Fronteira tudo ...