sexta-feira , 14 dezembro 2018
Home / Destaque / “PEDE PRA IR EMBORA GERIR OU VÃO SAIR ALGEMADOS DE PONTA PORÔ DIZ VEREADOR

“PEDE PRA IR EMBORA GERIR OU VÃO SAIR ALGEMADOS DE PONTA PORÔ DIZ VEREADOR

“Pede pra sair Gerir ou vão sair de Ponta Porã algemado” diz vereador Farid Afif (MDB) a administração do Hospital Regional durante seu pronunciamento na Câmara de Vereadores, onde a sessão estava incendiada com os 17 vereadores colocando sua postura contra a atuação da administradora do Hospital Regional de Ponta Porã, que segundo o vereador Jelson Barnabé (PRB) que se perguntou quantos amigos, parentes ou mesmo um colega vereador vamos perder nesse hospital quando necessite dos cuidados médicos no hospital, não podemos seguir deixando nosso povo morrer, o atendimento tem que ser de qualidade a todos, pontualizou Barnabé.

A situação caótica em que se encontra o Hospital Regional não pode continuar gerando tragédia a população de Ponta Porã, manifestaram as autoridades do Legislativo que manifestaram que a Comissão Especial colocará em evidência os erros e apontar os culpados, já o vereador Laércio Martins (PCdoB) diz que sempre apoiou o sistema de saúde de Ponta Porã e defendeu o Instituto Gerir ao entender que as situações devem ser investigadas, mas nos últimos dias a situação ficou fora de controle da administração do hospital, onde uma jovem perdeu a vida e outra por milagre escapou e foi encaminhada a cidade de Dourados após esperar por mais de cinco horas a presença de uma medica que a acompanhe a gestante ate a Dourados, Laercio instou aos médicos a que procurem dar um atendimento humanizado aos pacientes, mas que não seja um tratamento humanizado que mata os moradores de Ponta Porã.

Laercio Martins instou aos demais vereadores a se reunir com o atual Governador Reinaldo Azambuja e tratar do assunto a fim de que o Instituto Gerir deixe Ponta Porã para que sua população continue viva.

O vereador Marquinhos Bello Benitez (PSDB) lembrou que quando o município era a responsável pela administração do hospital, os mesmos atuavam como mediadores, mas com a atual administração nem os vereadores são respeitados, temos que entender que no hospital se perde vida, mas não podemos entender tantas denuncias tantas reclamações de vereadores, de familiares de pacientes mal atendidos ou daqueles que perderam a vida no Hospital Regional da cidade.

O vereador Daniel Marques (MDB) apoiou a criação da Comissão Especial e a CPI do Hospital Regional de Ponta Porã a fim de que seja investigada as reclamações e as denuncias contra a administração, pois segundo Daniel Marques e preciso saber o que esta sendo feito com os mais de 63 milhões de reais de dinheiro publico enviado pelo governo do estado ao Instituto Gerir.

Comentário

Comentário

Veja Também

AUTOR DE TENTATIVA DE LATROCINIO CONTRA IDOSA NO INTERIOR DO MS E PRESO PELA POLICIA CIVIL

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil realizaram a prisão do Edinaldo ...