domingo , 24 março 2019
Home / Destaque / ARNALDO ESCOBAR E ELEITO PRESIDENTE DA 5ª SUBSEÇÃO DA OAB EM PONTA PORÃ

ARNALDO ESCOBAR E ELEITO PRESIDENTE DA 5ª SUBSEÇÃO DA OAB EM PONTA PORÃ

Arnaldo Escobar da chapa “OAB em Ordem” vence eleição em Ponta Porã com 190 votos e apoio reeleição de Mansour Elias Karmouche com 168 votos para presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul).

Arnaldo Escobar da chapa “OAB em Ordem” vence eleição em Ponta Porã com 190 votos e apoio reeleição de Mansour Elias Karmouche com 168 votos para presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Mato Grosso do Sul).

Arnaldo Escobar foi parabenizado pelo atual presidente Luiz Rene Gonçalves Amaral, que manifestou, após muitos anos de luta e abnegação, a 5ªSubseção de Ponta Porã se transformou e hoje tem Sede própria, foi realizada a reforma e ampliação da Sede contígua da Caixa de Assistência dos Advogados de Ponta Porã tem a digital de uma administração séria e comprometida apenas com a advocacia, sem qualquer cunho político-partidário” pontualizou Luís René.
Hoje, diferentemente de Tempos de Ordem Sombríos de outrora, o advogado é respeitado em toda e qualquer repartição pública ou expediente privado, valendo como exemplo, rápido, o Convênio com o Banco do Brasil onde o advogado não enfrenta fila para apresentar e sacar alvarás e RPVs judiciais. único convênio subseccional desta espécie do brasil.
Diferentemente de outrora, advogados têm atendimento prioritário nos cartórios extrajudiciais, são recebidos e atendidos prontamente por toda e qualquer autoridade, seja judiciária ou não. A OAB de Ponta Porã, diferentemente de outros tempos, hoje é chamada para debater em lugar de destaque toda e qualquer matéria de interesse da sociedade.
A OAB de Ponta Porã encabeça os demais segmentos da sociedade organizada em diversas ações de interesse público e a nova diretoria devera chegar ainda mais longe com ações que beneficiem a classe.

A atual presidência da OAB se destacou ao colocar na Avenida Brasil um movimento com mais de duas mil pessoas contra a corrupção que assola o Brasil, realizaram três festas juninas sociais que entraram para a história de Ponta Porã, sem dizer, é claro, de outras labutas como o aparelhamento administrativo da Sede da OAB, da Sala da OAB na Delegacia de Polícia Civil, dos parlatórios nos Presídios, e da luta conjunta com a Seccional e as demais Subseções na Coordenação do Colégio de Presidentes de Subseções da OAB/MS.
Na preservação das prerrogativas, a Polícia Federal passou a respeitar o art. 7º do Estatuto atendendo advogados para entrevistas com seus clientes mesmo em feriados e finais de semana, foi implantado o INSS-Digital para derrubar as filas junto à Agência da Previdência Social, “fizemos revogar a normativa no Presídio Ricardo Brandão que limitava o atendimento dos advogados a seus clientes, propusemos o procedimento de controle administrativo para o CNJ contra a Vara de Execuções Penais do Interior, para o aprimoramento da CPE, contra o Provimento 68 (este, aliás, recente conquista), lutamos contra a revista indevida de advogados no Fórum, pelo recebimento expedito de RPVs e documentos nas mais diversas esferas de poder. Ponta Porã, onde a OAB atingiu o mais alto nível de representatividade perante a Seccional. É por essas e outras conquistas que a Ordem Não Pode Parar”, diz Luís René

Comentário

Comentário

Veja Também

DOF APREENDE S10 COM 202 KG DE MACONHA RUMO À BAHIA

DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreendeu uma camionete Chevrolet S10 carregada com 202 quilos ...