sexta-feira , 16 novembro 2018
Home / Destaque / SEGUNDO AUTORIDADES, PISTOLEIROS QUE EXECUTARAM PECUARISTA NA FRONTEIRA FUGIRAM AO PARAGUAI

SEGUNDO AUTORIDADES, PISTOLEIROS QUE EXECUTARAM PECUARISTA NA FRONTEIRA FUGIRAM AO PARAGUAI

Os autores do assassinato do advogado, pecuarista e ex-vereador de Jardim José Atanásio Lemes Neto, 73, fugiram para o Paraguai. A informação é do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), baseada em operações da segurança pública estadual, que confirmou a concentração de esforços do setor a fim de prender os responsáveis pelo crime, ocorrido em 25 de outubro em Bela Vista –a 322 quilômetros de Campo Grande.

“Houve o assassinato em Bela Vista do Atanásio. Imediatamente, as forças de inteligência trabalharam, já que sabem que os autores estão no Paraguai”, declarou o governador. “O que nós estamos buscando? A prisão deles”, prosseguiu.
Atanásio foi encontrado morto na manhã de quinta-feira em uma propriedade rural de Bela Vista. Ele foi morto a tiros na fazenda “Ás de Ouro”, na divisa entre aquele município e Jardim. Ainda não há informações oficiais sobre a motivação do crime.

A vítima, além de vereador por Jardim, ajudou na criação da 2ª Vara de Justiça da cidade e era presidente da Confederação Brasileira de Laço Comprido –além de ter fundado a Federação dos Clubes de Laço de Mato Grosso do Sul.

A OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil-Seccional de Mato Grosso do Sul) informou, em nota, cobrar “rigorosa apuração das autoridades” sobre o homicídio, a fim de esclarecer se o crime é relacionado com a profissão da vítima.

Comentário

Comentário

Veja Também

ASSALTANTES LEVAM DINHEIRO E ANIMAL DE ESTIMAÇÃO DE VÍTIMA NA FRONTEIRA

Assaltantes fazem família viver momentos de terror e polícia procura encontrar pistas que identifiquem os mesmos ...