domingo , 16 dezembro 2018
Home / Destaque / PM PRENDE NO INTERIOR DO MS INDÍGENAS QUE FEZ REFÉNS E ROUBOU EMPRESA

PM PRENDE NO INTERIOR DO MS INDÍGENAS QUE FEZ REFÉNS E ROUBOU EMPRESA

Policiais militares da Força Tática do 3º BPM fizeram na madrugada de segunda-feira(01) a prisão de Cleber Gonçalves Ricarte (27) morador na aldeia indígena Bororo e Jhones Vargas(21), ambos residentes na Aldeia Indígena Bororo em Dourados, pelo crime de Roubo.

O caso ocorreu por volta das 00:20h, após denúncia de que os acusados estariam realizando um roubo em um depósito de recicláveis localizado ao lado da reserva indígena de Dourados, sendo quem com a chegada da equipe policial foi constatado que os acusados estariam prendendo alguns funcionários da empresa, momento em que correram para um matagal na região, fugindo da ação policial e posteriormente sendo detidos.

Conforme o relato das vítimas, a dupla teria quebrado a porta do local e adentrado fazendo as pessoas que lá estavam com reféns e ameaçando-os de morte. Os acusados lançaram fogos de artificio dentro da residência como forma de promover medo as pessoas que lá estavam.

Foi subtraído da empresa, um veículo VW Polo de cor cinza, que conforme relatado pelo plantão do CIOPS, um grupo de indígenas estaria oferecendo a devolução do veículo pela liberdade da dupla que foi presa.

No local foram apreendidos uma faca e vários fogos de artifício, usado pelos criminosos.

Já por volta das 12h, a equipe foi acionada novamente para deslocar a empresa, devido a um grupo de indígenas ter invadido novamente e roubado objetos dos funcionários. Nessa ação foram presos Israel Saratui de Sousa(22), Adriel Castro Aguero(21), Gilberto Fernandes Ricarte(26), Josiel Maciel Palácio (18), Marcelina Almeida(67) e Elza Paulo(49) anos pelo crime de Roubo, cárcere privado e danos.

No local a equipe policial visualizou um grupo de aproximadamente 20 pessoas ameaçando as vítimas de posse de facas, fogos de artificio, foices e flechas, enquanto carregavam um caminhão e quando iniciaram a ação o grupo fugiu e adentrou a mata nas proximidades, sendo Israel e Adriel, avançaram rumo a guarnição de posse de fogos de artificio e armas brancas, sendo contido pelos policiais.

Comentário

Comentário

Veja Também

VEREADOR CANDINHO GABÍNIO E REELEITO A PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE VEREADORES DE PONTA PORÃ

O vereador Candinho Gabínio (PSDB), foi reeleito para a Presidência da Câmara Municipal de Ponta ...