quarta-feira , 17 outubro 2018
Home / Educação / PRESIDENTE DA AUMEF VIA NOTA CONVIDA A COMUNIDADE UNIVERSITARIA A PARTICIPAR DE ENCONTRO POLÍTICO EM PONTA PORÃ

PRESIDENTE DA AUMEF VIA NOTA CONVIDA A COMUNIDADE UNIVERSITARIA A PARTICIPAR DE ENCONTRO POLÍTICO EM PONTA PORÃ

Presidente da AUMEF (Associação Universitária de Medicina da Fronteira) convida a comunidade universitária a participar de encontro com o candidato ao Governo do Mato Grosso do Sul e a candidata a Deputada Estadual do MDB (Movimento Democrático Brasileiro) em Ponta Porã.

O presidente da AUMEF na manha de terça feira (25) convidou a comunidade universitária do curso de medicina na fronteira Brasil Paraguai a participar de um encontro a se realizar no próximo sábado (29) com o candidato ao Governo do Mato Grosso do Sul, Junior Mochi e a candidata a Deputada Estadual Walkiria Capusso a fim de conhecer os projetos políticos desenvolvida para a classe universitária de futuros médicos que após a conclusão do curso de medicina no exterior queiram atuar no Brasil.

Leia a nota na integra:

É pra vc que está preocupado com seu futuro.

É pra vc que pensa em voltar e trabalhar no BRASIL como médico.

Dia 29
No próximo sábado
As 18h
Na ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE PONTA PORÃ ACEPP ao lado do correio

Teremos uma reunião entre o candidato ao governo do Mato Grosso do Sul JUNIOR MOCHI, a deputada estadual WALKIRIA CAPUSSO e os estudantes de medicina de pjc.

Vc é nosso convidado especial.

Nós estudantes temos que nos envolver na política
Somos os mais interessados
Pois nosso futuro depende deles.

Vamos ouvi-lo e vamos colocar nossas ideias, debater e discutir.

Lembrando que nessa eleição temos que votar em
1 deputado estadual
1 deputado federal
2 senadores
1 governador
1 presidente

Temos que votar em quem tem projetos voltados para nós, brasileiros que estamos estudando medicina no exterior.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

MARCELO REZENDE
Presidente da Associação Universitária de Medicina da Fronteira AUMEF

Comentário

Comentário

Veja Também

UNIVERSITÁRIOS DO CURSO DE MEDICINA DA UCP AJUDA A SALVAR VIDAS NA FRONTEIRA

Cerca de 300 mil pessoas da fronteira entre o Brasil e o Paraguai e que ...