terça-feira , 16 outubro 2018
Home / Destaque / HOSPITAL REGIONAL DE PONTA PORÃ TEM NOVO DIRETOR E FOCO NA AMPLIAÇÃO DO ATENDIMENTO

HOSPITAL REGIONAL DE PONTA PORÃ TEM NOVO DIRETOR E FOCO NA AMPLIAÇÃO DO ATENDIMENTO

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto está em processo de ampliação da equipe de colaboradores e dos serviços prestados, e desde o início deste mês a unidade tem um novo diretor geral, Fernando Augusto Prado Batista. Com experiência em gestão hospitalar, o novo diretor destaca que trabalhará principalmente para a melhorar a qualidade da assistência a população.

“Tivemos um salto no número das cirurgias eletivas de 25 para 56 neste último mês. Nosso objetivo é que sejam realizadas ainda mais e que possamos atingir a meta de aproximadamente 80 cirurgias eletivas ao mês. Também Já tivemos um aumento significativo na procura da cirurgia de laqueadura. Nos próximos meses já vamos conseguir notar uma melhora expressiva no dimensionamento da equipe médica, teremos alterações no horário dos plantões, com três plantonistas diurnos, o que nunca houve aqui no Hospital, e isso agilizará os atendimentos. Vamos implantar uma equipe presencial na ortopedia para agilizar esse seguimento e implantar efetivamente ambulatórios de cirurgia geral, ortopedia e pós-operatório”, explicou o Fernando Augusto.

No último mês de agosto foram contratados 31 profissionais e até o final do mês de outubro a previsão é que sejam admitidos mais 64 servidores. As contratações fazem parte do novo plano de ação para Hospital Regional de Ponta Porã e tem como objetivo promover qualidade nos serviços prestados e humanização nos atendimentos.

“Quando o Instituto Gerir assumiu administração do HR, a unidade encontrava-se com um quadro de colaboradores de enfermagem deficitário, hoje contamos com aproximadamente 133 profissionais de enfermagem dentre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem nos turnos diurno e noturno. Acreditamos que o aumento no número de funcionários e dimensionamento só vem contribuir para ampliação dos serviços, qualificação, e a oferta do serviço. É importante que a população se sinta acolhida e receba esse tratamento humanizado, principalmente nos momentos de fragilidade que é quando a pessoa está no hospital”, afirmou a diretora administrativa, Patrícia de Oliveira.

O Engenheiro Civil, Nilson Valencuela, 50 anos, necessitou do atendimento de urgência do Hospital e elogiou o atendimento que recebeu no Pronto Socorro do HR. “Estava manuseando ferramentas quando um objeto atingiu meu olho, e começou a sangrar muito. Fui levado ao Hospital pela minha esposa e fui atendido imediatamente, gostaria de agradecer a equipe de médicos e enfermeiros que de forma ágil conseguiram conter o sangramento e me estabilizar. Todas as vezes que precisei de um atendimento de urgência, fui muito bem atendido”, elogiou.

A unidade é referência aos oito municípios da microrregião e apenas neste ano já atendeu mais de 25 mil pacientes.

Comentário

Comentário

Veja Também

EXÉRCITO DESENCADEIA “OPERAÇÃO ATALAIA” NA REGIÃO DE FRONTEIRA

O Exército Brasileiro estará na faixa de fronteira de Mato Grosso do Sul nesta semana ...