sexta-feira , 16 novembro 2018
Home / Destaque / FALTA DE REPRESENTATIVIDADE POLÍTICA DEIXA PONTA PORÃ A MERCÊ DE VIOLENTAS AÇÕES DE ASSALTANTES

FALTA DE REPRESENTATIVIDADE POLÍTICA DEIXA PONTA PORÃ A MERCÊ DE VIOLENTAS AÇÕES DE ASSALTANTES

Falta de representatividade política na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados deixa Ponta Porã a mercê de violentas ações de assaltantes que nas últimas 12 horas deixaram dois feridos na cidade.

O primeiro fato ocorreu na noite de terça feira (11) por volta das 23:32hs, quando a vitima H.F.P.A. (18) foi abordado pelos assaltantes que se encontravam a bordo de uma motocicleta modelo XRE de cor preta e vermelha na rua sete de setembro nas imediações do Pousada do Bosque, que anunciaram o assalto, mas a vitima ignorou a ação dos bandidos e entrou em uma residência com a sua motocicleta, quando os delinquentes realizaram dois disparos de arma de fogo contra a vitima que acusou um impacto na altura da panturrilha, pela que foi auxiliado pelos integrantes do Corpo de Bombeiro Militar ao Hospital Regional de Ponta Porã, onde após receber atendimento medico ficou em estado de observação.

Segundo investigadores do SIG (Setor de Investigação Geral) da Policia Civil, foi realizada os procedimentos de praxe com o apoio da Policia Técnica e recuperado um projetil possivelmente de revolver além de imagens de câmeras de segurança situado nas imediações do local do ataque, evidencias estas que devera identificar os autores e posteriormente a sua prisão.

O segundo caso foi registrado na manha de quarta feira (12) por volta das 07:00hs, quando uma jovem identificada como, M.B.B. (25) foi abordada pelos assaltantes que se encontravam a bordo de uma moto estrangeira da marca Star 125cc, cor preta que com arma em mão anunciaram o assalto exigindo a mesma que lhe seja entregue a motocicleta da vitima modelo SK 110cc, cor bordo, segundo a vitima a mesma não esboçou reação e ao descer da motocicleta teria levantado a mão pedindo que os delinquentes não levem seu meio de transporte um dos bandidos realizou um disparo que acertou a mão direita da vitima, que foi auxiliada ao Hospital regional da cidade, onde após receber atendimento medico foi internada em estado de observação.

Investigadores do SIG acompanharam o caso e realizaram os procedimentos de rigor a fim de identificar os autores que segundo informações poderia ter relação com outros roubos a mão armada ocorridas na região de fronteira.

O aumento da criminalidade na região de fronteira nos últimos dias tem se dado principalmente em razão de pouco efetivo policial nas ruas da cidade, situação esta ligada diretamente a política do estado do Mato Grosso do Sul que nos últimos anos esqueceu de investir na segurança pública na região de fronteira, outras das causas direta sería a falta de representante da cidade na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados, situação que deverá seguir por varios anos se os moradores da cidade se os moradores não acordarem politicamente durante as próximas eleições.

Comentário

Comentário

Veja Também

ASSALTANTES LEVAM DINHEIRO E ANIMAL DE ESTIMAÇÃO DE VÍTIMA NA FRONTEIRA

Assaltantes fazem família viver momentos de terror e polícia procura encontrar pistas que identifiquem os mesmos ...