sexta-feira , 19 abril 2019
Home / Destaque / VEREADORES APROVAM REQUERIMENTO E MARCAM DATA PARA PRESTAR CONTAS EM PONTA PORÃ

VEREADORES APROVAM REQUERIMENTO E MARCAM DATA PARA PRESTAR CONTAS EM PONTA PORÃ

Os vereadores de Ponta Porã aprovaram na tarde de terça-feira, 11 de setembro, durante a sessão ordinária, um requerimento em que fica marcada a data em que será realizada a segunda audiência pública de prestação de contras deste ano. Será no dia 27 de setembro, uma quinta-feira, no plenário da Câmara Municipal de Ponta Porã.

O evento é a oportunidade para que a população possa acompanhar e questionar a prestação de contas dos representantes dos poderes Executivo, Legislativo e do Previporã. Realizada a cada quatro meses, a audiência é promovida pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara Municipal, formada pelos vereadores Rony Lino (presidente), Paulinho Roberto (vice-presidente) e Laercio Martins (relator).

Nela, é possível que o cidadão ou cidadã possa fazer qualquer tipo de pergunta relacionado às contas públicas municipais. O presidente da Câmara, Candinho Gabínio, informou que os convites para que os poderes constituídos (Executivo e Legislativo) bem como o Instituto de Previdência Social do Município, serão encaminhados para que todos possam preparar a apresentação da prestação de contas. “Aproveito a oportunidade para convidar a todos para que se façam presentes nesta audiência pública, bem como nas sessões que realizamos todas as tardes de terça-feira, em que tratamos dos mais diversos assuntos de interesse da população.

A primeira prestação de contas deste ano ocorreu no dia 28 de maio. Na oportunidade, o secretário municipal de Finanças, Fabricio Cervieri, apontou que a Prefeitura, entre os meses de janeiro e abril deste ano, arrecadou R$ 92,3 milhões. As despesas ficaram na ordem de R$ 67,5 milhões. Cerca de R$ 40 milhões de gastos com pessoal (servidores), atingindo 50,88% da Receita. Um percentual bem próximo do limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal que determina a aplicação de até 51,3% com o pagamento de salários encargos dos servidores.

Também o diretor presidente do Previporã, Fábio Caffarena, apresentou os números referentes ao primeiro quadrimestre do ano. Segundo ele, o Previporã registrou um superávit (ou seja, balanço positivo) da ordem de R$ 4 milhões nestes primeiros quatro meses do ano.

Por isso, o Previporã tem em caixa, cerca de R$ 110 milhões. O dinheiro, que pertence aos servidores públicos municipais, está investido em aplicações seguras em instituições financeiras sólidas, como Banco do Brasil e Caixa Econômica. Apenas como rendimento destas aplicações, o Previporã arrecadou neste ano R$ 2,9 milhões.

A Câmara Municipal também prestou contas referentes à administração do vereador Candinho Gabínio, revelando números importantes que garantem a correta aplicação dos recursos públicos. Um dos detalhes foi o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal que determina o limite de 70% com folha de pagamento. A Câmara aplica 58,44%, índice bem abaixo do estabelecido pela legislação brasileira.

Comentário

Comentário

Veja Também

POLÍCIA MILITAR RECUPERA NA FRONTEIRA ROUBADO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO “LEGALIZADA” NO PARAGUAI

Durante ação de abordagens a indivíduos em atitude suspeita Polícia Militar recupera próxima a fronteira ...