domingo , 21 outubro 2018
Home / Destaque / POLICIA CIVIL DESVENDA CASOS DE HOMICIDIOS E AUTORES SÃO PRESOS NO INTERIOR DO MS

POLICIA CIVIL DESVENDA CASOS DE HOMICIDIOS E AUTORES SÃO PRESOS NO INTERIOR DO MS

Polícia Civil de Dourados prende autores de execução após imagens serem divulgadas no aplicativo “WhatsApp”.

O fato ocorreu no ultimo dia 27 de julho quando foram veiculadas no aplicativo “WhatsApp” imagens da tortura de um indivíduo, cujo corpo foi em seguida encontrado com várias perfurações por arma de fogo na cabeça. A vítima foi identificada como Douglas Sarate de Moraes (18), que ao participar de um grupo de WhatsApp, foi identificado como desafeto do PCC (Primeiro Comando da Capital), pela que foi decretada a sua morte.

Segundo informações, Douglas foi atraído por três indivíduos ligados ao PCC, momento em que foi amarrado, torturado e posteriormente morto e durante a deflagração da Operação Égide pela Policia Civil da cidade de Dourados, na última segunda-feira, foi realizada a prisão de Alisson de Brito, vulgo Quati, um dos autores da execução de Douglas, bem como a apreensão de um menor que atuou na ação criminosa, já na terça feira foi realizada a prisão de Luiz Henrique de Paula, vulgo Abacaxi, identificado como o executor do crime.

Na ocasião da prisão de Luiz Henrique foi identificado o barraco onde Douglas foi torturado e realizado a filmagem, no Bairro Estrela Verá. Os investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) ainda descobriram que Alisson, seria um dos três autores de uma dupla execução ocorrida na data de 17 de julho, onde foram mortos Getúlio Silva e Paulo Sérgio, também ligado à disputa entre facções. além de Alisson Brito, participaram do duplo homicídio Elielson paulino Maciel e Alisson jhone dos santos, manifestou Rodolfo Daltro, delagado da Policia Civil na cidade de Dorados no Mato Grosso do Sul.

Comentário

Comentário

Veja Também

BRASILEIRO E MORTO A TIROS PRÓXIMO A SUA RESIDÊNCIA NA FRONTEIRA

Empresário brasileiro e executado com vários disparos de pistola próximo a sua residência na cidade ...