domingo , 21 outubro 2018
Home / Eventos / IGREJA CATÓLICA CELEBRA O MÊS DAS VOCAÇÕES

IGREJA CATÓLICA CELEBRA O MÊS DAS VOCAÇÕES

Agosto é conhecido como o Mês Vocacional desde 1981, quando foi instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), durante 19ª Assembleia Geral. A partir de então, cada domingo a celebração litúrgica é dedicada a uma determinada vocação.

Conforme o pároco da Igreja Matriz Divino Espirito Santo, padre Fábio Casado Dias, no primeiro domingo é celebrado o Dia do Padre, que se refere a vocação ao ministério ordenado. “No dia 04 de agosto celebramos o dia de São João Maria Vianney, o Cura D’Ars, o patrono dos padres, assim o primeiro domingo é dedicado ao sacramento da ordem, vocação sacerdotal”.

No segundo domingo é Dia dos Pais, então se comemora a vocação da família, sacramento do matrimonio. A vida consagrada, dos religiosos e religiosas é celebrado no terceiro domingo. E no quarto domingos celebramos o Dia do Catequista, o serviço prestado pelos cristãos leigos. “Durante todo o mês nós exaltamos as vocações existentes na Igreja Católica Apostólica Romana”, disse padre Fábio.

Todos os cristãos, os batizados, são chamados a viver a vocação da vida cristã, servir na Igreja, evangelizar pessoas e ambientes. Dar o seu melhor, fazendo o que gosta de fazer. Tornando assim um mundo melhor para todos. “Devemos estar em oração para que as pessoas tenham o discernimento e se encaminhem em suas vocações. Rezo sempre por isso. Por mim e para o clero e vocacionados.  Deus nos chamou e deixou uma vocação para cada um, sabendo qual é a sua, você terá a alegria e a paz de Cristo para seguir e servir com amor o chamado, seja como sacerdote, formando família, em uma vida consagrada ou como cristão leigo. É preciso resposta ao chamado de Deus. Não tenha medo de dizer sim”, exclamou o padre.

Todo padre no dia de sua ordenação sacerdotal escolhe um lema para sua vida, padre Fábio disse que o seu é: Não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim (Gl 2,20), pois configurar-se ao Cristo motiva sempre o fazer e o ser sacerdote em uma missão, que não é fácil, mas é possível e feliz de construir. “Quando vivemos o chamado da vocação, mesmo limitado e imperfeito, conseguimos contribuir para o crescimento e santidade da Igreja. Atualizando o Cristo vivo em cada sacramento e celebração.  É um grande desafio ser padre, mas vale a vida. Vocação acertada, vida feliz”, concluiu.

Para mais informações sobre a cultura vocacional, você pode procurar o Serviço de Animação Vocacional (SAV), na secretaria paroquial da Igreja Matriz Divino Espírito Santo, na Rua Dr. Miguel Marcondes Armando, número 188, em horário comercial.

Comentário

Comentário

Veja Também

INSCRIÇÕES PARA A JORNADA DIOCESANA DA JUVENTUDE TEM DATA PRORROGADAS EM PONTA PORÃ

As inscrições para a Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), foram prorrogadas até o dia 15 ...