domingo , 21 outubro 2018
Home / Destaque / TRIO É PRESO EM AMAMBAI APÓS CONFESSAR QUE DEGOLOU MULHER POR VINGANÇA NO INTERIOR DO MS

TRIO É PRESO EM AMAMBAI APÓS CONFESSAR QUE DEGOLOU MULHER POR VINGANÇA NO INTERIOR DO MS

Três pessoas foram presas neste domingo (16) por participação no assassinato de Marylene Siqueira de Souza, 43 anos, em Amambai – a 350 quilômetros de Campo Grande. O corpo de Marylene foi encontrado em uma estrada vicinal com vários golpes de faca e um corte profundo na nuca, indicando que ela poderia ter sofrido uma tentativa de decapitação. Ela ainda foi atingida por dois tiros.

Segundo o delegado Mikaill Gouveia Faria, a motivação do crime foi vingança. A polícia informou que o crime começou a ser planejado na última sexta-feira, por Elias Maluco, 26 anos, e Renato de Souza, 58 anos. Cada um tinha uma motivação diferente.

Elias queria se vingar porque acredita que foi preso após Marylene o entregar para a polícia após ele ter cometido um assalto. “No caso de Renato, Marylene invadiu sua casa, furtou alguns pertences e quantia em dinheiro”, disse o delegado.

A terceira pessoa envolvida é Edneia Paula de Almeida, 42 anos, casada com Renato. Ela era amiga da vítima e faziam programa juntas. Edneia também teve um motivo para matar Marylene: segundo ela, a vítima não repassava os valores certos dos programas.

Segundo a polícia, no dia do crime, Edneia levou o marido e Elias Maluco para o local do assassinato, depois voltou para a cidade, pegou Marilyne e a levou para uma emboscada. Ela foi até o local usando um Corsa Sedan branco, com placas de Amambai (MS).

Armado com um revólver calibre 32, Elias Maluco teria atirado contra Marylene enquanto Renato, com um facão, desferiu vários golpes contra a mulher.

Depois de matar Marylene, o trio teria deixado o local do crime no Corsa e se livrado das armas usadas para o crime, conforme informações da Gazeta News. Os próprios autores indicaram para os policiais o local em que deixaram o facão, encontrado posteriormente em uma vegetação próxima ao local onde o corpo foi encontrado. O revólver foi jogado no córrego Panduí.

Diante da confissão da autoria do assassinato na delegacia de polícia de Amambai, o trio foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e permanece preso à disposição da Justiça.

Crime

O corpo de Marilyne foi encontrado em uma estrada vicinal conhecida como ‘buracão’, que fica entre duas propriedades rurais, na cidade de Amambai. Um ciclista que trafegava pelo local encontrou o corpo por volta das 16 horas deste sábado (14).

O Corpo de Bombeiros foi até o local e constatou que a vítima estava morta e que ela tinha várias perfurações de faca no corpo, costas, braços e pescoço.

Fonte https://www.midiamax.com.br/

Comentário

Comentário

Veja Também

BRASILEIRO E MORTO A TIROS PRÓXIMO A SUA RESIDÊNCIA NA FRONTEIRA

Empresário brasileiro e executado com vários disparos de pistola próximo a sua residência na cidade ...