domingo , 23 setembro 2018
Home / Destaque / FESTA DAS NAÇÕES E UM SUCESSO NA FRONTEIRA AO LEVAR DIVERSIDADE ÉTNICA E CULTURAL AO PARQUE DOS ERVAIS

FESTA DAS NAÇÕES E UM SUCESSO NA FRONTEIRA AO LEVAR DIVERSIDADE ÉTNICA E CULTURAL AO PARQUE DOS ERVAIS

Um grande exaltação a diversidade étnica e cultural da fronteira entre Ponta Porã (BR) e Pedro Juan Caballero (PY), foi o que norteou a programação Festa das Nações e Festival Estudantil de Músicas Estrangeiras durante dois dias  no espaço de eventos do Parque dos Ervais com organização do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul-IFMS, apoio da Prefeitura Municipal e Fundação de Cultura e Esporte/FUNCESPP e 11º RC Mec Regimento Marechal Dutra.

A Festa das Nações e Festival Estudantil de Músicas Estrangeiras em sua primeira edição, celebrou os 106 anos de Ponta Porã, objetivando apresentar curiosidades, costumes e tradições dos povos que formam a rica integração sócio cultural da fronteira.

Com uma programação diversificada com apresentações culturais com danças e shows musicais, bem como barracas de artesanato, comidas típicas e bebidas que comercializadas, além de curiosidades dos países que integram a fronteira : Paraguai, Argentina,  Alemanha, Brasil, Arábia Saudita, Líbano, Itália, Inglaterra e Polônia,  o evento enalteceu os povos que escolheram a fronteira com o Paraguai para fincar a suas raízes, manter as suas tradições e construir  identidade cultural fronteiriça.

“No mês que Ponta Porã comemora 106 anos de emancipação política e administrativa, a Festa das Nações procurou enaltecer os costumes e tradições dos vários povos que contribuem para o crescimento sócio econômico e cultural da fronteira” disse Eder Rubens, diretor de Cultura da FUNCESPP.

Para Lilian Rios, servidora do IFMS-Ponta Porã que esteve  a frente da programação do evento cultural, a Festa  das Nações é um anseio de diversas pessoas e entidades, que precisam se apropriar do evento para que possa crescer e ser algo de toda sociedade, com apoio da política pública de cultura em parceria com  o segmento privado, clubes de serviços, entidades e instituições de ensino.

A professora Carol Rodrigues do IFMS-Ponta Porã, coordenadora do FEME, considerou o evento fundamental para que a fronteira possa ter um evento realizado de forma integrada com diversas instituições voltado para toda população.

Em sua abertura no sábado (07), o público conferiu as apresentações culturais de dança com as alunas da Oficina de Dança  Corpo Coreográfico FUNCESPP/Escola de Música Dona Iracema, Grupo Programa Conviver Assistência Social e Oficina Arte Urbana/Dança de Rua FUNCESPP/Escola de Música Dona Iracema-Escola Municipal Jardim Ivone.

Na sequencia tiveram inicio as apresentações de Dança e Músicas Estrangeiras que estiveram concorrendo no FEME. A programação do primeiro dia de evento foi finalizada coma excelente apresentação do grupo de rock Vitrola Soul, formado por Jonatas Martins, Otoniel e Diego.

O segundo dia de espetáculo em virtude do frio e neblina teve um público menor,  porém não alterou a programação prevista pela  organização do evento e o público pode conferir duas belas apresentações culturais: Dança Folclórica Paraguai do Grupo de Ballet David Sanchez de Pedro Jun Caballero-PY e o Grupo de Dança da ONG Velha Guarda da Fronteira que apresentou dança típica italiana.

Em seguida foi realizado desfile para escolha do Casal das Nações.A noite cultural foi encerrada com a premiação dos vencedores da I Festa das Nações e FEME 2018.Confira os resultados:

Dança – 1º lugar Escola Estadual Adê Marques – Grupo de Dança Argentina; 2º Lugar – Escola Estadual João Brembatti Calvoso – Grupo de Dança 40 Anos MS; 3º Lugar – Escola Estadual Pedro Afonso Pereira Goldoni – Grupo de Dança Arábia Saudita; Escola Estadual Joaquim Murtinho – Grupo de Dança Polonia

Música – 1º Lugar Escola Estadual Joaquim Murtinho – Dupla Cristian e Sanguinea; 2º Lugar Escola Estaadual João Bremabatti Calvoso – Banda J.B.C.; 3º – Lugar Instituto Federal MS-Ponta Porã – Los Pollos Hermanos.

Casal das Nações – 1º Lugar ONG Velha Guarda da Fronteira – Itália; 2º Lugar Escola João Brembatti Calvoso – Paraguai; 3º – Escola Estadual Joaquim Murtinho – Polônia.

Comentário

Comentário

Veja Também

PRF APREENDE MAIS DE 200 KILOS DE COCAÍNA DURANTE “OPERAÇÃO FRONTEIRA SEGURA”

Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 200 kilos de cocaína durante “Operação Fronteira Segura” em ...