domingo , 18 novembro 2018
Home / Destaque / VEREADORES DE PONTA PORÃ APRESENTAM 46 EMENDAS E DEBATES LDO

VEREADORES DE PONTA PORÃ APRESENTAM 46 EMENDAS E DEBATES LDO

Os 17 vereadores de Ponta Porã iniciaram na tarde de terça-feira (03), os debates e votações do Projeto de Lei que dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias par ao exercício financeiro de 2019. O projeto, de autoria do Poder Executivo Municipal, estabelece as parar que a Prefeitura possa, no segundo semestre deste ano, elaborar o Orçamento do Município para o ano de 2019.

Por ser uma das matérias mais importantes em discussão no Parlamento Municipal, a LDO requer duas sessões ordinárias em que na ordem do dia seja colocada apenas o projeto de lei em votação.

Durante a sessão os parlamentares apresentaram 46 emendas ao projeto de lei de autoria do Poder Executivo. São propostas que visam destinar recursos para setores fundamentais para melhorar a qualidade de vida da população pontaporanense.

Os vereadores apresentaram emendas visando assegurar recursos para a execução de obras e serviços, como ampliação e reforma de escolas, centros de educação infantil. Também contemplam o setor da saúde, assegurando recursos para ampliar os programas de atendimento nas unidades básicas instaladas nos bairros e nos distritos de Ponta Porã.

Também há emendas que visam melhorar a segurança pública, o trânsito da cidade, as áreas de esporte e lazer. Os parlamentares ainda apresentaram emendas visando garantir recursos para que em 2019 sejam feitas ampliações e melhorias na sede do Parlamento Municipal, proporcionando melhores condições de trabalho aos servidores e comodidade à população que visita a Câmara Municipal.

Todos os distritos foram contemplados com emendas que visam assegurar recursos para obras de infraestrutura (recuperação de ruas, iluminação pública, etc.) bem como nos setores da saúde e educação. As áreas rurais também foram contempladas com as emendas que buscam garantir recursos para melhorar a assistência de saúde e a estrutura que viabiliza a produção da agricultura familiar e do agronegócio, fontes importantíssimas da economia do município.

O projeto de lei foi aprovado por unanimidade pelos vereadores. Também todas as 46 emendas apresentadas. Na próxima semana está prevista a segunda e última votação destas matérias.

Comentário

Comentário

Veja Também

POLÍCIA DIZ QUE NOVAS IMAGENS PODEM DESVENDAR EXECUÇÃO DE ADVOGADA NA FRONTEIRA

Após cometer vários erros graves Polícia Nacional do Paraguai diz ter novas pistas para desvendar execução ...