domingo , 18 novembro 2018
Home / Destaque / HOMENAGEM À PADROEIRA “NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO” ATRAI O TURISMO A REGIÃO DE FRONTEIRA

HOMENAGEM À PADROEIRA “NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO” ATRAI O TURISMO A REGIÃO DE FRONTEIRA

A devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, motivou centenas de pessoas a promoverem uma das mais bonitas festas populares no país vizinho.

Nta quarta-feira, 27 de junho, os paraguaios comemoram o Dia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, escolhida pela comunidade católica como a padroeira de Pedro Juan Caballero.

Para marcar a data eles decidiram promover um grande evento. Confecionaram o maior tapete de que se tem notícia no país vizinho. São 1200 metros de pura arte.

Os primeiros 300 metros, em frente à Igreja Matriz da cidade, foram confeccionados do modo tradicional pelos alunos da Escola Paroquial Rosentiel. Uma tradição de 25 anos. Os alunos levam para a rua Carlos Antönio Lopez, na área central de Pedro Juan Caballero, materiais usados como borra de café, serragem, sal grosso colorido, plastico, entre outros, para formar desenhos sacros. As imagens são belíssimas. Todas reverenciando a Santa Padroeira e as maiores expressões para o catolicismo.

Já os 900 metros restantes, foram confeccionados por voluntários. São pessoas de várias idades, cidades e credo religioso. O material utilizado é diferente: a matéria prima é a juta, bastante utilizada na tapeçaria artesanal. São desenhos florais, colagem, boradados. Teve grupo que incrementou e colocou renda portuguesa para deixar o tapete ainda mais bonito. A rua Julia Cueto se transformou num “caminho sobre flores”. Tudo para a procissão que percorre um trecho histórico da cidade de Pedro Juan Caballero.

“Antes era uma tradição iniciada pela Escola Paroquial Rosentiel, coordenada pelo professor Enrique Ramirez. Há três anos foi aberto para os cidadãos voluntários.O objetivo foi aumentar o tamanho do tapete. A comuniade comprou a idéia e se mobiliza par tornar o centro da cidade mais bonito nesta data”, informa o coordenador artístico da mobilização, José Quevedo que veio da capital Assunção exclusivamente para trabalhar na organização do evento de forma voluntária.

Dividindo as tarefas com a coordenadora de logistica, Corina Dominguez, José afirma que a festa só ganhou esta dimensão porque as pessoas resolveram se unir. “As peças deste tapete foram confeccionadas em muitos lugares. Vieram de Asunción, Ciudad de Leste, Concepción,  e várias outras cidades paraguaias. Também de cidades brasileiras como Dourados e Campo Grande onde é forte a presença paraguaia. Isso sem falar nos nossos amigos de Ponta Porã. Juntando com os pedrojuaninos, saiu um material maravilhoso”, comenta, feliz com os resultados da mobilização de centenas de pessoas que trabalharam de forma voluntária e anônima por vários dias.

TURISMO

Um dos grande sobjetivos do grupo que coordena esta festa popular é transformar o evento num grande atrativo turístico do Paraguai. “Temos muito amor por nossa cidade de Pedro Juan Caballero. Queremos que ela seja conhecida no mundo pela religiosidade do seu povo, pela solidariedade e união de uma comunidade. Por isso, queremos que este evento, de comemoração do Dia da Padroeira, seja um forte atrativo do turismo religioso no Paraguai”, afirma Jose.

Comentário

Comentário

Veja Também

POLÍCIA DIZ QUE NOVAS IMAGENS PODEM DESVENDAR EXECUÇÃO DE ADVOGADA NA FRONTEIRA

Após cometer vários erros graves Polícia Nacional do Paraguai diz ter novas pistas para desvendar execução ...